Resistência às mídias educacionais: um estudo de caso do Colégio Kennedy – Ponta Grossa-PR

Autores

  • José Ilton da Silva
  • Marilisa do Rocio Oliveira
  • Márcio Fernandes Almeida

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v9i17.487

Resumo

 

RESUMO

O objetivo geral do estudo é verificar se os professores do Colégio Estadual Presidente Kennedy estão utilizando as tecnologias da informação inseridas na educação e se eles são resistentes a esta inserção. Os procedimentos metodológicos do trabalho em relação à abordagem e ao tipo de pesquisa são qualitativos e descritivos. A pesquisa aplicada foi realizada por meio de questionário e de observação direta. Dentre as principais evidências encontradas, verificou-se que a maioria dos professores que participaram do estudo utiliza-se das tecnologias disponíveis no Colégio. Porém,  uma grande parte deles é resistente, ou seja, 30% sentem medo, 20%  se sentem inseguros e 10% se sentem apáticos diante das tecnologias disponibilizadas pela instituição de ensino. Nesse sentido, percebe-se também que uma parte dos envolvidos no processo educacional encara a inserção das tecnologias na educação como sendo benéfica. Entretanto,   é possível perceber que um grupo de professores ainda encara como sendo algo desnecessário para a educação.

 

Palavras-chave: Resistência a mudanças. Mídias educacionais. Formação dos professores.

 

 

 

ABSTRACT

The overall objective of the study is to verify if the teachers from Colégio Estadual Presidente Kennedy have used  information technologies embedded in education and if they are resistant to that insertion. The methodological procedures of the work regarding to the approach and the type of research are qualitative and descriptive. The applied research was conducted through questionnaire and direct observation. Among the main evidences, it was found that the majority of the teachers who participated in the study uses the technology available at the school. However, a large part of them is resistant, i.e. 30%  is  afraid of using them, 20% feels insecure and 10% feels apathetic in relation to the technologies provided by educational institution. In this regard, it was also found that some of the people involved in the educational process face the insertion of technology in education as being beneficial.  Nevertheless, it can be noticed that a group of teachers still perceives technology as  something unnecessary for education.

 

Key words: Resistance to change. Educational Media. Teacher education.

 

 

RESUMEN

El objetivo general de este estudio es comprobar si los maestros del “Colégio Estadual Presidente Kennedy” utilizan las tecnologías de la información insertadas en el campo de la educación y si son resistentes a esta inserción. Los métodos de trabajo en relación con el enfoque y el tipo de investigación son cualitativos y descriptivos. La investigación fue llevada a cabo por medio de un cuestionario y de la observación directa. Entre las principales evidencias encontradas, se constató que la mayoría de los profesores que participaron del estudio utiliza las tecnologías disponibles en el Colegio. Sin embargo, gran parte de ellos es resistente, es decir, el 30% tienen miedo, el 20% se sienten inseguros y el 10% se sienten apáticos frente a las tecnologías proporcionadas por la institución. En este sentido, es evidente que una parte de los participantes en el proceso educativo, percibe la inserción de las tecnologías en la educación como beneficiosa. Sin embargo, se percibe que un grupo de profesores aún opinan que la tecnología es algo innecesario para la educación.

Palabras-clave: Resistencia al cambio. Medios de Enseñanza. Formación de maestros.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-07-17

Como Citar

SILVA, J. I. da; OLIVEIRA, M. do R.; ALMEIDA, M. F. Resistência às mídias educacionais: um estudo de caso do Colégio Kennedy – Ponta Grossa-PR. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 9, n. 17, p. 158–177, 2014. DOI: 10.22169/revint.v9i17.487. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/487. Acesso em: 19 jul. 2024.