Perspectivas dos gestores escolares sobre treinamento, habilidades e necessidades educacionais em um contexto de pandemia

Resumo

O presente artigo resulta de uma formação de gestores escolares realizada no âmbito da prevenção contra a pandemia da COVID-19 em Angola. A formação objetivou partilhar os procedimentos administrativos e pedagógicos, sensibilizar a comunidade escolar e desenvolver um amplo plano de ação para a prevenção e para a aprendizagem significativa dos alunos. Fez-se uso dos métodos de chuva de ideias, técnicas de liderança participativa, trabalhos práticos de campo, seminários de curta duração e relatos do cotidiano dos gestores escolares. Fez-se uso do enfoque quantitativo com a aplicação de um inquérito por questionário e algumas técnicas qualitativas (revisão bibliográfica, observação e análise fenomenológica). A amostra foi de 168 gestores. Os resultados revelam que é imperioso formar os gestores em técnicas de liderança, em competências da inteligência emocional e gestão de pessoas em situações de pandemia.

Palavras-chave: COVID-19. Liderança escolar. Formação dos gestores. Competências e perspectivas de gestores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Justino Cangue, Universidade de Sevilha - Espanha

Justino Cangue, Doutor "Cum Laud" pela Universidade de Sevilha - Espanha. Faculdade da Educação, Departamento de Teoria e História da Educação e Pedagogia Social. Professor e pesquisador  do Programa de Pós-Graduação e CURFAP em Educação no ISPI - Instituto Superior Politécnico Independente do Lubango - Angola.

Publicado
2022-04-21
Como Citar
Cangue, J. (2022). Perspectivas dos gestores escolares sobre treinamento, habilidades e necessidades educacionais em um contexto de pandemia. REVISTA INTERSABERES, 17(40), 262-278. https://doi.org/10.22169/revint.v17i40.2240