Inclusão educacional e audiodescrição de histórias em quadrinhos

Autores

  • Anderson Tavares Correia-Silva Mestre em Estudos da Tradução pela Universidade de Brasília (UNB). Pedagogo pela Universidade de Pernambuco. Professor adjunto do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) e pesquisador nas áreas de audiodescrição e de Língua Brasileira de Sinais. E-mail: professortabuh@gmail.com
  • Fábio da Silva Paiva Doutor em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Docente no Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU) e Centro Universitário Joaquim Nabuco (UNINABUCO). Pesquisador na temática da educação e dos quadrinhos. E-mail: fabiosilvapaiva@hotmail.com
  • Ernani Nunes Ribeiro Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v15i36.2011

Resumo

RESUMO

Neste artigo trazemos uma reflexão sobre o uso de histórias em quadrinhos (HQs) na educação. Destacamos seu aspecto visual e, consequentemente, eventuais barreiras para seu uso quando dentro do grupo de alunos há algum com deficiência visual. A audiodescrição é uma técnica de tradução que transforma imagens em textos para acessibilidade de pessoas com deficiência visual, cognitiva e outros públicos. Trazemos um método de audiodescrição (AD) de histórias em quadrinhos que contempla as características do gênero artístico em questão, equiparando para o público com e sem deficiência o acesso às informações imagéticas da arte sequencial.

Palavras-chave: Histórias em quadrinhos; Audiodescrição; Educação.

 

ABSTRACT

This scientific paper reflects the use of comic books in education. We highlight its visual aspect and, consequently, any obstacles to its use when there are visually impaired people in the group of students. Audio description is a translation technique that converts images into texts for the accessibility of visually impaired people, cognitive impairment, and other audiences. We bring a method of audio description (AD) of comics that contemplates characteristics of the artistic genre in question, equating for the public with and without disabilities, the access to the image information of sequential art.

Keywords: Comics; Audio description; Education.

 

RESUMEN

En este artículo hacemos una reflexión sobre el uso de los cómics en la educación. Ponemos en destaque su aspecto visual y, en consecuencia, eventuales barreras para su uso cuando, dentro del grupo de alumnos, hay alguien con deficiencia visual. La audiodescripción es una técnica de traducción que transforma imágenes en texto para la accesibilidad de personas con deficiencia visual, cognitiva y otros tipos de público. Presentamos un método de audiodescripción (AD) de historietas que contempla las características del género artístico en cuestión y ofrece para el público con o sin deficiencia condiciones similares de acceso a las informaciones de las imágenes del arte secuencial.

Palabras-clave: Cómics; Audiodescripción; Educación.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ernani Nunes Ribeiro, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Docente na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) no Centro Acadêmico de Vitória (CAV) e no Programa de Mestrado Profissional – PROFBIO UFPE/UFMG.

Referências

ALVES, Soraya Ferreira; TELES, Veryanne Couto; PEREIRA, Tomás Verdi. Propostas para um modelo brasileiro de audiodescrição para deficientes visuais. Revista Tradução e Comunicação, Londrina, n. 22, 2011. Disponível em: http://sare.unianhanguera.edu.br/index.php/rtcom/article/view/3158. Acesso em 28/04/2018.

ALVES, Soraya Ferreira; GONÇALVES, Karine Neumann; PEREIRA, Tomás Verdi. A tradução como recurso de acessibilidade: Audiodescrição de telenovelas. Todas as Letras. São Paulo, v. 18, n. 3, p. 202-216, set/dez 2016.

ARAGÃO, Sabrina. Imagem e texto em tradução: Uma análise do processo tradutório nas histórias em quadrinhos. 2012. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Nota Técnica Nº21/2012/MEC/SECADI/DPEE. Brasília, MEC, 2012. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=10538-nota-tecnica-21-mecdaisypdf&category_slug=abril-2012-pdf&Itemid=30192. Acesso em 23 abr. 2016.

BECHIR, Thaís Fernanda Carvalho. Proposta de revisão da nota técnica nº 21 do MEC com base em critérios da Gramática do design visual. Revele: Revista Virtual dos Estudantes de Letras, [s.l.], v. 9, p. 14-23, nov. 2015. ISSN 2317-4242. Disponível em: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/revele/article/view/8741. Acesso em: 29 abr. 2018.

BRUNETTI, Ivan. A arte de quadrinizar: Filosofia e prática. Tradução de Marcelo Campos Cipolla. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

CARVALHO, Beatriz Serqueira de. O processo de legitimação cultural das histórias em quadrinhos. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

COLI, Jorge. A obra ausente. In: SAMAIN, Etienne (org.). Como pensam as imagens. Campinas: Editora da Unicamp, 2012.

CORREIA-SILVA, Anderson Tavares. Audiodescrição de histórias em quadrinhos em Língua Brasileira de Sinais. 2018. Dissertação (Mestrado em Estudos da Tradução) – Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

EISNER, Will. Quadrinhos e arte sequencial: princípios e práticas do lendário cartunista. Tradução de Luís Carlos Borges e Alexandre Boide. 4. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010.

GUIMARÃES, Denise Azevedo Duarte. Histórias em quadrinhos e cinema: adaptações de Alan Moore e Frank Miller. Curitiba: UTP, 2012.

MANGUEL, Alberto. Lendo imagens: Uma história de amor e ódio. Tradução de Rubens Figueiredo, Rosaura Eichemberg, Cláudia Strauch. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

MAZUR, Dan; DANNER, Alexander. Quadrinhos: História moderna de uma arte global. Tradução de Marilena Moraes. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2014.

PAIVA, Fábio da Silva. Educação e violência nas histórias em quadrinhos de Batman. Recife: Editora Universitária UFPE, 2013.

RIBEIRO, Ernani Nunes. A imagem na relação de expressão com o texto escrito: contribuições da áudio-descrição para a aprendizagem de educandos surdos. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.

SAMAIN, Etienne (org.). Como pensam as imagens. Campinas: Editora da Unicamp, 2012.

SANTIAGO VIGATA, Helena. A experiência artística das pessoas com deficiência visual em museus, teatros e cinemas: uma análise pragmaticista. 2016. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

Páginas na internet visitadas:

CHICO BENTO. Portal oficial da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa. Disponível em: http://turmadamonica.uol.com.br/personagem/chico-bento. Acessado em 12/09/2017.

DEPÓSITO DE TIRINHAS. Disponível em: http://deposito-de-tirinhas.tumblr.com . Acessado em 30 de agosto de 2017.

Downloads

Publicado

2020-11-10

Como Citar

CORREIA-SILVA, A. T.; PAIVA, F. da S.; RIBEIRO, E. N. Inclusão educacional e audiodescrição de histórias em quadrinhos. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 15, n. 36, p. 936–962, 2020. DOI: 10.22169/revint.v15i36.2011. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/2011. Acesso em: 21 jul. 2024.