Metodologias de ensino no PROEJA e o currículo integrado: uma proposta possível

Autores

  • Maria Aparecida de Sá IF SERTÃO - PE CAMPUS FLORESTA
  • Maria Aparecida Monteiro da Silva Centro de Ensino Superior - CESUMAR - Maringá - PR

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v12i25.734

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar as metodologias utilizadas pelos professores das turmas de PROEJA no IF SERTÃO – PE Campus – Floresta, no sentido de observar se a prática está coerente com o Currículo Integrado, previsto no Documento Base - PROEJA, modelo proposto para essa modalidade de ensino e se o perfil do aluno exerce influência de tais metodologias. Os questionamentos que motivaram a pesquisa foram: Até que ponto e de que maneira as metodologias utilizadas pelos professores, estão coerentes ou não com a prática metodológica exigida para a implementação do Currículo Integrado? Qual a visão dos professores sobre o Currículo Integrado? E, se as dificuldades no processo de aprendizagem dos alunos estão relacionadas às metodologias trabalhadas? Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa do tipo estudo de caso cujos instrumentos para levantamento de dados foram os questionários do tipo questões abertas, aplicados para alunos e professores, com uma amostragem de 60% dos alunos e 90% dos professores. Os resultados alcançados mostram a importância desta pesquisa no sentido de contribuir para uma maior reflexão / ação dos docentes, bem como dar subsídios para a prática pedagógica, podendo servir de embasamento teórico para outros trabalhos relacionados ao tema em destaque. As metodologias utilizadas pelos professores no PROEJA no IF SERTÃO – PE Campus – Floresta - PE, não estão coerentes com o que orienta o Documento Base - PROEJA modelo proposto para essa modalidade de ensino com relação ao Currículo Integrado.



DOI: http://dx.doi.org/10.22169/revint.v12i25.734

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Aparecida de Sá, IF SERTÃO - PE CAMPUS FLORESTA

Mestra em Tecologia Ambiental, Mestra em Ciências da Educação; Especialista em PROEJA; Especialista em Supervisão Educacional; Pedagoga do IF SERTÃO - PE.

Maria Aparecida Monteiro da Silva, Centro de Ensino Superior - CESUMAR - Maringá - PR

Maria Aparecida Monteiro da Silva concluiu o doutorado em Educação - Universidad de Santiago de Compostela em 1998 e Doutorado em Educação pela Universidad Politécnica y Artistíca do Paraguay em 2005. Atualmente é professor titular do Centro de Ensino Superior - CESUMAR - Maringá - PR. Membro da Fundação Araucária de Apoio ao Desenv. Científico e Tecnológico do Paraná. Na Universidade Paranaense - UNIPAR atuou como Diretoria de Centro, Chefe de Departamento, Coordenadora de Colegiado de Curso, Membro do Conselho Superior de Administração - CONSAD, e Membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONEPE, Membro do Grupo Especial de Trabalho Setor de Atuação para Elaboração do Projeto de Reconhecimento das Faculdades Integradas da APEC como Universidade, Membro do Conselho Técnico Científico, Coordenadora Geral dos Vestibulares, Membro da Comissão de Acompanhamento do Crédito Educativo, Membro da Comissão Organizadora do XIX Ciclo de Estudos Jurídicos do Curso de Direito e Programa de Mestrado em Direito Processual e Cidadania da Unipar

Publicado

2017-04-18

Como Citar

DE SÁ, M. A.; MONTEIRO DA SILVA, M. A. Metodologias de ensino no PROEJA e o currículo integrado: uma proposta possível. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 12, n. 25, p. 136–143, 2017. DOI: 10.22169/revint.v12i25.734. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/734. Acesso em: 25 jun. 2024.