Considerações sobre o ensino de filosofia em EJA

Autores

  • Selson Garutti

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v9i17.504

Resumo

RESUMO

O ensino de filosofia para alunos na escola de EJA justifica-se se esse for o ensino de criação de conceitos que dê conta de discutir seus problemas. Não há cisão entre filosofia e filosofar. O ensino de filosofia deve ser produção filosófica como o fazem os filósofos, portanto o professor de filosofia deve ter uma postura filosófica, senão será apenas aula de história da filosofia. O ensino da disciplina filosófica deve levar o aluno a instrumentalizar possibilidades de criação de parâmetros filosóficos para interpretar o mundo de forma original e autônoma rumo à sua emancipação.

Palavras-chave: Ensino. Formação. Experiência filosófica. Criação de conceitos.

 

ABSTRACT

Teaching philosophy for students at the school of EJA is justified if this is the teaching of creation of concepts that give account to discuss their problems. There is no division between philosophy and philosophize. The teaching of philosophy must be philosophical production as they do so the philosophers, philosophy professor must have a philosophical stance, but will just be history class of philosophy. The teaching of philosophical discipline should lead the student to exploit possibilities of creating philosophical parameters for interpreting the world in an original and autonomous towards their emancipation.

Keywords: teaching. Training. Philosophical experience. Creation of concepts.

 

RESUMEN

La enseñanza de la filosofía a los estudiantes en la escuela de EJA se justifica si esta es la enseñanza de la creación de conceptos que consiga discutir sus problemas. No hay división entre filosofía y filosofar. La enseñanza de la filosofía debe ser producción filosófica como lo hacen los filósofos, por lo tanto, el profesor de filosofía debe tener una postura filosófica, si no la clase será sólo sobre la historia de la filosofía. La enseñanza de la filosofía debe conducir al alumno a aprovechar las oportunidades para la creación de parámetros filosóficos para interpretar el mundo de una manera original y autónoma hacia su emancipación.

Palabras-clave: Enseñanza. Formación. Experiencia filosófica. Creación de conceptos.

RESUMO

O ensino de filosofia para alunos na escola de EJA justifica-se se esse for o ensino de criação de conceitos que dê conta de discutir seus problemas. Não há cisão entre filosofia e filosofar. O ensino de filosofia deve ser produção filosófica como o fazem os filósofos, portanto o professor de filosofia deve ter uma postura filosófica, senão será apenas aula de história da filosofia. O ensino da disciplina filosófica deve levar o aluno a instrumentalizar possibilidades de criação de parâmetros filosóficos para interpretar o mundo de forma original e autônoma rumo à sua emancipação.

Palavras-chave: Ensino. Formação. Experiência filosófica. Criação de conceitos.

 

ABSTRACT

Teaching philosophy for students at the school of EJA is justified if this is the teaching of creation of concepts that give account to discuss their problems. There is no division between philosophy and philosophize. The teaching of philosophy must be philosophical production as they do so the philosophers, philosophy professor must have a philosophical stance, but will just be history class of philosophy. The teaching of philosophical discipline should lead the student to exploit possibilities of creating philosophical parameters for interpreting the world in an original and autonomous towards their emancipation.

Keywords: teaching. Training. Philosophical experience. Creation of concepts.

 

RESUMEN

La enseñanza de la filosofía a los estudiantes en la escuela de EJA se justifica si esta es la enseñanza de la creación de conceptos que consiga discutir sus problemas. No hay división entre filosofía y filosofar. La enseñanza de la filosofía debe ser producción filosófica como lo hacen los filósofos, por lo tanto, el profesor de filosofía debe tener una postura filosófica, si no la clase será sólo sobre la historia de la filosofía. La enseñanza de la filosofía debe conducir al alumno a aprovechar las oportunidades para la creación de parámetros filosóficos para interpretar el mundo de una manera original y autónoma hacia su emancipación.

Palabras-clave: Enseñanza. Formación. Experiencia filosófica. Creación de conceptos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Selson Garutti

Licenciado em Filosofia pela Universidade Sagrado Coração (USC) e em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Especialista em Pesquisa Educacional pela UEM e Mestre em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Doutorando em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professor de Filosofia pela Secretaria de Educação do Estado do Paraná (SEED).

Downloads

Publicado

2014-06-24

Como Citar

GARUTTI, S. Considerações sobre o ensino de filosofia em EJA. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 9, n. 17, p. 32–44, 2014. DOI: 10.22169/revint.v9i17.504. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/504. Acesso em: 19 jul. 2024.