Histórias de vida por autobiografias: inspirações na constituição docente

  • Tatiane Peres Zawaski Mestre em Educação pela Universidade La Salle. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Intercultural (GPEI).
  • Gilberto Ferreira da Silva Universidade La Salle, Canoas

Resumo

RESUMO

Este estudo toma como foco a constituição docente, presente nas histórias de vida dos educadores, a partir de registros autobiográficos. O estudo origina-se de uma pesquisa realizada em nível de mestrado que teve por objetivo analisar como os professores do ensino médio, de uma escola da rede privada, da região metropolitana de Porto Alegre, se formam como profissionais da educação. Os pressupostos teóricos estão embasados nos conceitos de Josso (2010) e Abrahão (2003; 2004; 2011), principalmente. Na análise, atenta-se aos motivos da escolha profissional, os primeiros contatos com a docência e os processos de constituição docente. As análises dos registros destacam a importância do formar-se em serviço, as trocas entre pares no ambiente de trabalho, a disponibilidade para acolher o outro e as figuras de professores guardadas na memória. Esses últimos acabam assumindo um lugar de evidência que orienta e aponta para horizontes de
expectativas, materializadas na escolha da profissão docente.

Palavras-chave: Autobiografia. Constituição docente. Histórias de vida. Formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Peres Zawaski, Mestre em Educação pela Universidade La Salle. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Intercultural (GPEI).
Mestre em Educação pela Universidade La Salle. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Intercultural (GPEI).
Gilberto Ferreira da Silva, Universidade La Salle, Canoas
Doutor em Educação. Professor do Programa de Pós-graduação em Educação. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação Intercultutal (GPEI). Pesquisador do CNPq.

Referências

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Memória, narrativas e pesquisa autobiográfica. Revista História da Educação, ASPHE/FaE/UFPel, n. 14, p. 79-95, set. 2003. Disponível em https://seer.ufrgs.br/asphe/article/view/30223 - Acesso em 06/04/2020.

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Identidade e vida de educadores rio-grandeses: narrativas em primeira pessoa (...e em muitas outras). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Memoriais de formação: a (re)significação das imagens-lembranças/recordações-referenciais ara a pedagoga em formação. Revista da Educação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, p. 165-172, maio/ago. 2011. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/viewFile/8708/6353 - Acesso em 06/04/2020.

ARROYO, Miguel G. Ofício de mestre: imagens e autoimagens. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

BRANDÃO, Vera Maria Antonieta Tordino. Memória (auto)biográfica como prática de formação. Revista @mbienteeducação – V. 1, n.1, Janeito/julho 2008 – São Paulo. Disponível em: http://publicacoes.unicid.edu.br/index.php/ambienteeducacao/article/view/572

Acesso em 04/04/2020.

CORACINI, Maria José. Autonomia, poder e identidade na sala de aula. In.: PASSEGI, Luis; OLIVEIRA, Maria dos S. Linguística e educação: gramática, discurso e ensino. São Paulo: Terceira Margem, 2000.

DOMINICÉ, Pierre. A biografia educativa: instrumento de investigação para a educação de adultos. In: NÓVOA, António; FINGER, Mathias. O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: MS/DRHS/CFAP, 1988.

ECKERT-HOFF, Beatriz M. Escritura de si e identidade: o sujeito-professor em formação. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2008.

FERRAROTTI, Franco. Sobre a autonomia do método biográfico. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias (Orgs.) O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde. Depart. de Recursos Humanos da Saúde/Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional, 1988. p. 17-34.

HOLLY, Mary Louise. Investigando a vida profissional dos professores: diários biográficos. In.: NÓVOA, António. Vida de professores. Portugal: Porto Editora, 2000.

JOSSO, Marie-Christine. A experiência de vida e formação. São Paulo: Paulus, 2010.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro Passado. Contribuição à semântica dos tempos históricos (Tradução: Wilma Patrícia Maas; Carlos Almeida Pereira). Rio de Janeiro: Contraponto/PUCRJ, 2006.

MARCELO GARCIA, Carlos. O professor iniciante, a prática pedagógica e o sentido da experiência. Formação Docente, Belo Horizonte, v. 02, n. 03, p. 11-49, ago./dez. 2010. Disponível em http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br Acesso em 01/04/2020.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria dos Carmo. Análise Textual Discursiva. 3. Ed. Unijú. Ijuí, 2016.

NÓVOA, António. Vida de professores. Portugal: Porto Editora, 2000.

PINEAU, Gaston. A autoformação no decurso da vida: entre hetero e a ecoformação. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988. p. 65-77

SILVA, Maria Euzemar Berenice Rego. Caminhos da formação docente em práticas autobiográficas: relato de experiência. Revista da FARN, Natal, V.7, n.1, p 29-49, jan./jun, 2008. Disponível em http://revistas.unirn.edu.br/index.php/revistaunirn/article/download/134/163/

SOUZA, Elizeu Clementino de. Pesquisa narrativa e escrita (auto) biográfica: interfaces metodológicas e formativas. In: SOUSA, Elizeu Clementino de.; ABRANHÃO, M. H. M. B. Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006.

VAILLANT, Denise. Desarrollo profesional, evaluación Y políticas docentes em Latinoamérica. Revista La educación em Latinoamérica. n.4 – Julio-Agosto de 2016a. Disponível em https://www.researchgate.net/publication/305986917_Desarrollo_profesional_evaluacion_y_politicas_docentes_en_Latinoamerica - Acesso em 06/04/2020.

VAILLANT, Denise. Formación inicial del professorado em América Latina: dilemas centrales y perspectivas. Revista Española de educación Comparada, 22 (2013), 185-206. Disponível em http://revistas.uned.es/index.php/REEC/article/view/9329 - Acesso em 06/04/2020.

VAILLANT, Denise. La escuela latinoamericana en busca de líderes pedagógicos. EDUCAR, vol. 47, núm. 2, 2011. Disponível em https://raco.cat/index.php/Educar/article/view/248539/0 - Acesso em 05/04/2020.

ZAWASKI, Tatiane Peres. A autobiografia no processo de constituição docente: reflexões sobre 'ser' professor do ensino médio. 2019. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade La Salle, Canoas, 2019.

Publicado
2021-07-25
Como Citar
Zawaski, T. P., & Ferreira da Silva, G. (2021). Histórias de vida por autobiografias: inspirações na constituição docente. REVISTA INTERSABERES, 16(38), 715-731. https://doi.org/10.22169/revint.v16i38.1936