Interculturalidade e motivação na aprendizagem de línguas estrangeiras

Autores

  • Elys Regina Kraviski FACINTER - Faculdade Internacional de Curitiba
  • Juliana Bergmann FACINTER - Faculdade Internacional de Curitiba e PUC - Pontifícia Universidade Católia do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v1i1.88

Resumo

Este artigo é parte de resultados obtidos em nossos estudos desenvolvidos no âmbito da Lingüística Aplicada e tem como objetivo discutir a importância e a influência de diferentes elementos implicados no processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras, em especial a relação interculturalidade e motivação. Percebe-se que esses fatores influenciam-se mutuamente: quanto mais motivado o aluno está para aprender uma língua estrangeira, mais procurará conhecer e aproximar-se da realidade da comunidade de falantes; por outro lado, quanto mais próximo e consciente das diferenças e semelhanças culturais com a outra comunidade, mais motivado se sentirá para continuar seu intento de aprendê-la.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

KRAVISKI, E. R.; BERGMANN, J. Interculturalidade e motivação na aprendizagem de línguas estrangeiras. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 78–86, 2012. DOI: 10.22169/revint.v1i1.88. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/88. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigo