Autorregulação e autoeficácia de alunos do ensino fundamental contextualizando o ensino remoto

Autores

Palavras-chave:

autoeficácia, autorregulação da aprendizagem, ensino fundamental, ensino remoto

Resumo

Analisou-se a autoeficácia e autorregulação considerando o ensino remoto. Participaram 45 alunos do 5º ano. Instrumentos: Roteiro de Avaliação do Senso de Autoeficácia (Medeiros et al., 2000) e Escala de Estratégias de Aprendizagem para o Ensino Fundamental (Oliveira; Boruchovitch; Santos, 2010) adaptados. O coeficiente de Spearman foi usado na análise. Verificou-se correlação positiva significativa entre a autoeficácia relacionada à comparação com os pares e percepção do desempenho, e a ausência de estratégias disfuncionais. Correlação positiva significativa entre a autoeficácia geral e a autoeficácia relacionada ao desempenho acadêmico e a ausência de estratégias disfuncionais. Destaca-se o impacto da persuasão social e da interpretação do desempenho na autoeficácia e no comportamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Silva Zivich, Universidade Estadual de Londrina

Mestrado em Educação. Secretaria Municipal de Educação de Londrina. Londrina, Paraná, Brasil.

 

 

Paula Mariza Zedu Alliprandini, Universidade Estadual de Londrina

Pós-doutorado em Psicologia. Universidade Estadual de Londrina. Londrina, Paraná, Brasil.

 

 

 

Referências

AZZI, R. G. IAOCHITE, R. T. POLYDORO. Teoria social cognitiva na Educação: contribuições e direções futuras. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL TEORIA SOCIAL COGNITIVA EM DEBATE, 1., 2015, Campinas. Anais [...]. Campinas: Unicamp, 2015.

AZZI, R. G.; POLYDORO, S. A. J. Auto-eficácia em diferentes contextos. Campinas: Alínea, 2006.

BANDURA, A. Self-efficacy: The exercise of control. New York: W.H. Freeman, 1997.

BANDURA, A. A teoria social cognitiva na perspectiva da agência. In: BANDURA, A.; AZZI, R. B.; POLYDORO, S. Teoria social cognitiva: conceitos básicos. Porto Alegre: Artmed, 2008.

BANDURA, A.; AZZI, R. G.; POLYDORO, S. A. (ed.). Teoria social cognitiva: conceitos básicos. Porto Alegre: Artmed, 2008.

BORUCHOVITCH, E. Autorregulação da aprendizagem: cenários, desafios, perspectivas para o contexto educativo. Petrópolis: Vozes, 2020. p. 253-273.

BORUCHOVITCH, E.; SANTOS, A. A. A. Estratégias de aprendizagem: conceituação e avaliação. In: NORONHA, A. P. P.; SISTO, F. F. Facetas do fazer em avaliação psicológica. São Paulo: Vetor, 2006. p. 107-124.

BRASIL. Ministério da Saúde. Ofício Circular nº 2/2021/CONEP/SECNS/MS. Assunto: Orientações para procedimentos em pesquisas com qualquer etapa em ambiente virtual. Brasília, 24 fev. 2021. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/images/Oficio_Circular_2_24fev2021.pdf. Acesso em: 03 fev. 2021.

BZUNECK, J. A. Prefácio. In: BANDURA, A.; AZZI, R. G.; POLYDORO, S. A. G. (ed.). Teoria social cognitiva: conceitos básicos. Porto Alegre: Artmed, 2008.

DALMORO, M.; VIEIRA, K. M. Dilemas na construção de escalas Tipo Likert: o número de itens e a disposição influenciam nos resultados?. Revista Gestão Organizacional, v. 6, n. 3, p. 161-174, 2013.

FRISON, L, M, B.; BORUCHOVITCH, E. Autorregulação da aprendizagem: modelos teóricos e reflexões para a prática pedagógica. In: FRISON, L, M, B. BORUCHOVITCH, E. Autorregulação da aprendizagem: cenários, desafios, perspectivas para o contexto educativo. Petrópolis: Vozes, 2020. p. 17-30.

GLIEM, J. A.; GLIEM, R. R. Calculating, interpreting, and reporting Cronbach’s alpha reliability coefficient for Likert-type scales. In: Midwest research to practice conference in adult, continuing, and community education, 2003, Ohio. Proceedings […]. Ohio: Ohio State University, 2004. p. 82-88. Disponível em: https://scholarworks.iupui.edu/bitstream/handle/1805/344/gliem+&+gliem.pdf?sequence=1. Acesso em: 15 ago. 2021.

MEDEIROS, P. C. et al. A auto-eficácia e os aspectos comportamentais de crianças com dificuldade de aprendizagem. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 13, n. 3, p. 327-336, 2000.

MOREIRA, B. B. G.; MARTINS-REIS, V. O.; SANTOS, J. N. Autopercepção das dificuldades de aprendizagem de estudantes do ensino fundamental. Audiology - Communication Research, São Paulo, v. 21, p. 1-6, 2016.

OLIVEIRA, K. L.; BORUCHOVITCH, E.; SANTOS, A. A. A. (org.). Escala de Avaliação das estratégias de aprendizagem para o ensino fundamental. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2010.

PAJARES F.; OLAZ, F. Teoria social cognitiva e auto-eficácia: uma visão geral. In: BANDURA, A.; AZZI, R. G.; POLYDORO, S. A. G. Teoria social cognitiva: conceitos básicos. Porto Alegre: Artmed, 2008. p. 97-114.

PARANÁ. Decreto nº 4230. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavirus - COVID-19. Curitiba: Governo do Estado do Paraná, 2020. Disponível em: http://www.aen.pr.gov.br/arquivos/Decreto_4230.pdf. Acesso em 13 abr. 2021.

PAULINO, P.; SÁ, I.; SILVA, A. L. Autorregulação da motivação: crenças e estratégias de alunos portugueses do 7º ao 9º ano de escolaridade. Psicologia: Reflexao e Critica, Porto Alegre, v. 28, n. 3, p. 574-582, set. 2015.

POLYDORO, S. A. J.; AZZI, R. G. Autorregulação da aprendizagem na perspectiva da teoria sociocognitiva: introduzindo modelos de investigação e intervenção. Psicologia da Educação, São Paulo, n. 29, p. 75-94, 2009.

SCHUNK, D. H. Learning Theories: an educational perspective. 6th ed. Boston: Pearson, 2012.

SILVA, A. L.; SIMÃO, A. M. V.; SÁ, I. A Auto-regulação da aprendizagem: estudos teóricos e empíricos. InterMeio: Revista do mestrado em Educação, Campo Grande, v. 10, n. 19, p. 58-74. 2004.

SILVEIRA, D. T.; CÓRDOVA, F. P. A pesquisa científica. In: GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2009. p. 31-42.

SIMÃO, A. M. V.; FRISON, L. M. B. Autorregulação da aprendizagem: abordagens teóricas e desafios para as práticas nos contextos educativos. Cadernos de Educação, Pelotas, v. 45, n. 2, p. 1-19, maio/ago. 2013.

UKA, A.; UKA, A. The effect of students’ experience with the transition from primary to secondary school on self-regulated learning and motivation. Sustainability, [s. l.], v. 12, n. 20, p. 1-16, 2020.

ZIMMERMAN, B. J. Self-regulated learning and academic achievement: An overview. Educational Psychologist, v. 25, n. 1, p. 3-17, 2000.

Downloads

Publicado

2024-02-19 — Atualizado em 2024-02-20

Versões

Como Citar

SILVA ZIVICH, B.; ZEDU ALLIPRANDINI, P. M. Autorregulação e autoeficácia de alunos do ensino fundamental contextualizando o ensino remoto. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], p. e24tl4001, 2024. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/2556. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo