Formação docente e novas tecnologias nas dissertações de um programa de mestrado profissional (2014 – 2016): o estado do conhecimento

Autores

Palavras-chave:

Mestrado Profissional em Educação; Formação docente; Novas Tecnologias; Educação Básica; Estado do Conhecimento

Resumo

Com objetivo de analisar o que apontam as dissertações elaboradas no Programa de Pós-Graduação – Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias (PPGENT) do Centro Universitário Internacional UNINTER sobre a temática formação de professores e novas tecnologias na interface com a Educação básica, realizou-se uma pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativa, de natureza básica, com objetivo descritivo-exploratório e procedimento bibliográfico do tipo estado do conhecimento referendada em Romanowski e ENS (2006).  Das 74 dissertações encontradas no período de 2014 – 2016, disponíveis no acervo digital do referido PPG, 34 constituíram o corpus de análise deste artigo. Os resultados revelam as dimensões que integram as pesquisas e intervenções realizadas: a dimensão do conhecimento e a dimensão da atuação profissional.

 

Palavras-chave: Mestrado Profissional em Educação; Formação docente; Novas Tecnologias; Educação Básica; Estado do Conhecimento.

 

ABSTRACT

With the aim of analyzing what the dissertations elaborated in the Postgraduate Program – Professional Master's in Education and New Technologies (PPGENT) of the Centro Universitário Internacional UNINTER on the theme of teacher training and new technologies in the interface with Basic Education point out. a research with a qualitative and quantitative approach, of a basic nature, with a descriptive-exploratory objective and bibliographic procedure of the state of knowledge type referenced in Romanowski and ENS (2006). Of the 74 dissertations found in the period 2014 – 2016, available in the digital collection of the mentioned PPG, 34 constituted the corpus of analysis of this article. The results reveal the dimensions that integrate the research and interventions carried out: the dimension of knowledge and the dimension of professional performance.

 

Keywords: Professional Master's in Education; Teacher training; New technologies; Basic education; State of Knowledge

 

RESUMEN

Con el objetivo de analizar qué son las disertaciones elaboradas en el Programa de Posgrado – Maestría Profesional en Educación y Nuevas Tecnologías (PPGENT) del Centro Universitario Internacional UNINTER en el tema de formación docente y nuevas tecnologías en la interfaz con la Educación Básica, se llevó a cabo este es una investigación con enfoque cualitativo y cuantitativo, de carácter básico, con objetivo descriptivo-exploratorio y procedimiento bibliográfico del tipo estado del conocimiento referenciado en Romanowski y ENS (2006). De las 74 disertaciones encontradas en el período 2014 – 2016, disponibles en la colección digital del mencionado PPG, 34 constituyeron el corpus de análisis de este artículo. Los resultados revelan las dimensiones que integran las investigaciones e intervenciones realizadas: la dimensión del conocimiento y la dimensión del desempeño profesional.

 

Palabras clave: Maestría Profesional en Educación; Formación de profesores; Nuevas tecnologías; Educación básica; Estado del conocimiento

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sueli Pereira Donato, Universidade Tuiuti do Paraná - Curitiba, Paraná.

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR. Mestre em Educação e Graduada em Pedagogia (licenciatura) pela PUCPR. Professora Adjunta no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEd), Universidade Tuiuti do Paraná. É líder do Grupo de Pesquisa "Formação de Professores, Territórios Educativos e Representações Sociais (FOTERS)", integrado à rede de pesquisa do CIERS-ed/FCC-SP.

Marcia Maria Fernandes de Oliveira, Centro Universitário UniDomBosco - Grupo SEB.

Pós doutora em Formação de Professores na Educação Superior pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (2013). Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2010). Mestra em Geografia pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2006). Graduação (Licenciatura e Bacharelado) em Geografia pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2003). Associada a Rede Brasileira de Educação em Direitos Humanos - ReBEDH. Coordenadora dos cursos de Licenciatura em Geografia e Gestão Ambiental do Centro Universitário UniDomBosco -  Grupo SEB.  

Referências

AMBROSETTI, Neusa Banhara; CALIL, Ana Maria Gimenes Corrêa. Contribuições do mestrado profissional em educação para a formação docente. Rev. Reflexão e ação. V. 24, n. 3, 2016, p. 85-104. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/7526/pdf Acesso em: 10 jun. 2020.

ANDRÉ, Marli Eliza. Mestrado Profissional e mestrado acadêmico: aproximações e diferenças. Rev. Diálogo Educ.; Curitiba, v. 17, v. 53, p. 823-841, 2016. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/8459/17760. Acesso em: 26 jun. 2020.

ANDRÉ, Marli.; PRINCEPE, Lisandra. O lugar da pesquisa no Mestrado Profissional em Educação. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 63, p. 103,117, jan./mar. 2017. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/49805/31739. Acesso em: 25 jun. 2020.

BARDIN, Lawrence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução nº 4, de 31 de julho de 2010. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 14 jul. de 2010. Seção 1, p. 824, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb004_10.pdf. Acesso em: 22 jul. 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria normativa n. 17, de 28 de dezembro de 2009 dispõe sobre o Mestrado Profissional no âmbito da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Diário Oficial da União, Brasília, 29, dez. 2009. Seção 1, p. 248. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/PortariaNormativa_17MP.pdf. Acesso em: 14 jul. 2020.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Mestrado Profissional: o que é? 2010. Disponível em: http://capes.gov.br/avaliacao/sobre-a-avaliacao/mestrado-profissional-o-que-e. Acesso em: 14 jul. 2020.

FERREIRA, Norma Sandra de A. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Revista Educação & Sociedade, Campinas, n. 79, p. 257 – 272, ago, 2002.

GIMENO SACRISTÁN, José. Consciência e acção docente sobre a prática como libertação profissional dos professores. In: NÓVOA, Antonio. (org.). Profissão professor: Tradução de Irene Lima mendes, Regina Correia e Luisa Santos Gil. Portugal: Porto Editora, 1995.p. 63-92.

MORGADO, José Carlos. Currículo e profissionalidade docente. Porto, PT: Porto Editora, 2011.

NÓVOA, António. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa, Portugal: EDUCA, 2009.

ROMANOWSKI, Joana Paulin.; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n. 19, p. 37-50, set./dez. 2006. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/24176/22872. Acesso em: 21 jul. 2020.

ROMANOWSKY, Joana Paulin. Formação e profissionalização docente. Curitiba: Intersaberes, 2012.

SILVA, Maria Abádia. Qualidade social da educação básica: algumas aproximações. Cad. Cedes, Campinas, SP, v. 29, p. 216-266, n.78, mai./ago. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622009000200005. Acesso em: 19 jul. 2020.

SOUSA, Clarilza P. de; PLACCO, Vera M. de S. Mestrados profissionais na área de educação e ensino. Revista da FAEEBA: Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 25, n. 47, p. 23-35, set./dez. 2016.

Downloads

Publicado

2023-08-26

Como Citar

PEREIRA DONATO, S.; FERNANDES DE OLIVEIRA, M. . M. Formação docente e novas tecnologias nas dissertações de um programa de mestrado profissional (2014 – 2016): o estado do conhecimento. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 18, p. e023do2009, 2023. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/2513. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê