Desafios no ensino de ciências biológicas durante a pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v17i41.2335

Resumo

A pandemia causada pelo vírus (SARS-COV-2) abre novas perspectivas educacionais, mesmo diante de diversos fatores, como financeiros e de infraestrutura, os problemas emocionais causados pelo isolamento físico e social têm se tornado um desafio para professores e estudantes. Como a maioria dos estudos publicados até o momento visam analisar os impactos nos estudantes, enfatizar as visões dos professores é essencial para que a sociedade reconheça os desafios da experiência de educação remota emergencial no caminhar do ensino pandêmico. Em algumas escolas da rede privada aderiu-se ao formato de aulas a distância, com webconferências aos moldes da Educação a Distância (EaD). Já nas escolas da rede pública, antes da migração, as aulas foram suspensas, ou ainda, as férias foram antecipadas. O objetivo desta pesquisa hermenêutica é mostrar como o isolamento físico e social repercutiu no ensino de biologia, por meio da percepção e do discurso dos professores, e compreender quais aspectos da pandemia apoiam a mudança no cotidiano escolar, na interação professor-aluno, por fim, a postura dos professores quanto à formação continuada. Os resultados demostram que o ambiente virtual passou a ser um espaço de aprendizagem possível e que uma das principais dificuldades está relacionada à falta de habilidade na utilização das linguagens tecnológicas e plataformas digitais. Torna-se imprescindível a formação continuada de professores nesse momento pandêmico de descaso e condições conservadoras no cenário educacional brasileiro, para promover a motivação, o diálogo crítico e a busca de alternativas cooperativas entre os professores ao enfrentamento dos conflitos e inseguranças da realidade vigente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Conte, Universidade La Salle/UNILASALLE

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle (UNILASALLE) e coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação (NETE). É membro do Laboratório de Formação e Estudos da Infância (UFPEL) e do Grupo de Estudos sobre Filosofia da Educação e Formação de Professores (UnB), todos cadastrados no diretório de grupos do CNPq. E-mail: elaine.conte@unilasalle.edu.br

Lisiane Schuch, Universidade La Salle/UNILASALLE

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade La Salle – UNILASALLE. Membro do Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação - NETE/CNPq.

Downloads

Publicado

2022-09-24

Como Citar

CONTE, E.; SCHUCH, L. Desafios no ensino de ciências biológicas durante a pandemia. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 17, n. 41, p. 596–615, 2022. DOI: 10.22169/revint.v17i41.2335. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/2335. Acesso em: 19 abr. 2024.