Bases teóricas para a conceituação e construção de tecnologias cívicas

Resumo

O presente texto é um ensaio teórico sobre tecnologias cívicas. Devido à escassa literatura nacional disponível sobre o tema, justifica-se a necessidade de apontar bases conceituais para o desenvolvimento de pesquisas na área, bem como a disseminação do uso e produção de tais tecnologias. Para essa construção teórica, dialoga-se com autores como Douglas Rushkoff (2010, 2019), Pierre Levy (2000, 2004), Duncan Green (2009), De Masi (2014), Bauman e Bordoni (2016), entre outros. O estudo indica que as tecnologias cívicas são vias de comunicação criadas por intermédio das tecnologias digitais, com vistas à promoção de ações que reduzam ciclos de reprodução de pobreza e desigualdade e fortaleçam o espírito democrático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alvaro Martins Fernandes Júnior

Professor na Escola Superior de Gestão Pública, Política, Jurídica e Segurança da Uninter.

Publicado
2021-10-04
Como Citar
Fernandes Júnior, A. M., & Luiz Bernardi, J. (2021). Bases teóricas para a conceituação e construção de tecnologias cívicas. REVISTA INTERSABERES, 16(39), 969-986. https://doi.org/10.22169/revint.v16i39.2233