A educação financeira no novo ensino médio paranaense: reflexões sociais por meio de uma pesquisa bibliográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v18.e023tl4006

Palavras-chave:

Educação Financeira. Diretrizes do Novo Ensino Médio. Indicação CEE/PR n.º 04/2021.

Resumo

O Conselho Estadual de Educação do Paraná instituiu as Diretrizes Curriculares Complementares e o Referencial Curricular do Novo Ensino Médio por meio da Indicação n.º 04/2021, e criou o componente curricular Educação Financeira, a partir da Matemática. Entretanto, tais ações não contemplam toda a abrangência da temática, tampouco exploram questões mais específicas sobre finanças, seu caráter crítico e interdisciplinar. O presente artigo explora trabalhos recentes publicados em periódicos nacionais, com o intuito de incitar reflexões acerca de avanços e limitações da Indicação CEE/PR n.º 04/2021. Como resultados, verificou-se pouca preocupação com a matemática crítica, bem como com conceitos fundamentais para a
compreensão das teorias e aplicações em finanças, largamente exploradas nas áreas de Ciências Sociais Aplicadas.

Palavras-chave: educação financeira; diretrizes do novo ensino médio; indicação CEE/PR n.º 04/2021.

ABSTRACT

The Conselho Estadual de Educação do Paraná instituted the Complementary Curriculum Guidelines and the Curriculum Reference for New Secondary Education through Indication No. 04/2021, and created the Financial Education curricular component, based on Mathematics. However, such actions do not contemplate the entire scope of the theme, nor do they explore more specific questions about finance, its critical and interdisciplinary nature. This article explores recent works published in national journals, with the aim of inciting reflections on the advances and limitations of Indication CEE/PR n.º 04/2021. As results, there was little concern with critical mathematics, as well as with fundamental concepts for understanding theories and applications in finance, largely explored in the areas of Applied Social Sciences.

Keywords: financial education; new high school guidelines; CEE/PR indication No. 04/2021.

RESUMEN

El Consejo de Educación del Estado de Paraná instituyó las Directrices Curriculares Complementarias y las Bases Curriculares para la Nueva Escuela Secundaria, por medio de resolución nº 04/2021, y creó el componente curricular educación financiera, a partir de la matemática. Sin embargo, tal esquema no contempla todo el alcance del tema, tampoco explora cuestiones más específicas sobre finanzas, su carácter crítico e interdisciplinario. Este artículo explora algunas materias recientes, publicadas en periódicos nacionales del área, con la intención de incentivar reflexiones sobre los avances y limitaciones de la resolución CEE/PR n.º 04/2021. Como resultado, se verificó reducida preocupación por la matemática crítica y por los conceptos fundamentales para la comprensión de las teorías y aplicaciones en finanzas, ampliamente
exploradas en las áreas de las Ciencias Sociales Aplicadas.

Palabras-clave: educación financiera; nuevas directrices de escuela secundaria; resolución CEE/PR nº 04/2021.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Cieslak, Secretaria de Educação do Estado do Paraná.

Sociologia pela Uninter (2018). Professor  Secretaria de Educação do Estado do Paraná . 

Adriéli Mazurek Cieslak, SEED União da Vitória/PR

Mestre em Educação Matemática, Licenciada em Ciências, Matemática, Química e Sociologia. Professora da Secretaria da Educação e do Esporte do Estado do Paraná – SEED/PR em União da Vitória/PR.

Lígia Fernanda Kaefer Mangini, Uninter Curitiba/PR

Doutora em Engenharia e Ciência dos Materiais, Bacharel em Engenharia Química e Licenciada em Química. Professora do Centro Universitário Internacional – UNINTER em Curitiba/PR.

Constantino Ribeiro de Oliveira Junior, Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG/PR

Doutor em Educação Física, Mestre em Educação e Licenciado em Educação Física. Professor adjunto no Departamento de Educação Física e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG/PR.

Alfredo Cesar Antunes, Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG/PR

Pós-doutor em Psicologia Social, Doutor em Ciência do Desporto e Mestre em Ciências da Motricidade. Professor adjunto no Departamento de Educação Física e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG/PR.

Referências

ALBERTO, G. S. Evidências das Influências dos Tipos Psicológicos no Comportamento dos Tomadores de Decisões Financeiras. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração) — Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2014. p. 18-20.

ANGELONI, M. Elementos intervenientes na tomada de decisão. Revista de Ciência e inovação, Brasília, DF, v. 32, n. 1, p. 17-22, jan./abr. 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ci/a/3RVhpdpmmsgkwCxtCC6sXkt/?lang=pt&format=pdf. Acesso

em: 20 nov. 2021.

ARAÚJO, R. M. B. Alfabetização econômica: compromisso social na educação das crianças. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo, 2009.

BASTOS, R. M. B. O surpreendente êxito do sistema educacional finlandês em um cenário global de educação mercantilizada. Revista Brasileira de Educação, 22 (70), Jul-Sep 2017. DOI https://doi.org/10.1590/S1413-24782017227040.

BRASIL. Decreto n.º 10.393, de 9 de junho de 2020. Institui a nova Estratégia Nacional de Educação Financeira — ENEF e o Fórum Brasileiro de Educação Financeira — FBEF. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 110, p. 2, 9 jun. 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil 03/ Ato2019- 2022/2020/Decreto/D10393.htm. Acesso em: 20 nov. 2021.

BRASIL. Educação financeira nas escolas: ensino fundamental: livro do professor. Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF). Brasília, DF: CONEF, 2014.

BRASIL. Lei n.º 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera a Lei n.º 9.394/96 no que diz respeito às Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, bem como a outros dispositivos legais e institui a política de fomento à implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 154, n. 35, p. 1, 17 fev. 2017.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em: 20 nov. 2021.

DIAS, C. R.; OLGIN, C. A. Educação Matemática crítica: uma experiência com o tema Educação Financeira. Revista Eletrônica de Educação Matemática – REVEMAT, Florianópolis, v. 15, n. 1, p. 01-18, 2020. DOI https://doi.org/10.5007/1981-1322.2020.e70007

FERREIRA, A. M. B. Educação Financeira e Modelagem Matemática para uma Aprendizagem Significativa. In: PARANÁ. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE: produções didático-pedagógicas [versão on-line].

Programa de Desenvolvimento Educacional. Secretaria de Educação, 2016. (Cadernos PDE). v. 2. Disponível em:

http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_pdp_mat_uenp_angelamariadebarros.pdf. Acesso em: 20 nov. 2021.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

GADOTTI, Moacir. Organização do Trabalho na Escola: alguns pressupostos. 2. ed. São Paulo: Ática, 1994.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GUBA, E. G.; LINCOLN, Y. S. Effective evaluation. San Francisco: Jossey-Bass, 1981.

HOFMANN, R. M.; MORO, M. L. F. Educação matemática e educação financeira: perspectivas para a ENEF. Zetetiké - Revista de Educação Matemática, Campinas, v. 20, n. 38, p. 37-54, jul./dez. 2012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646609. Acesso em: 20 nov. 2021.

LEITE, M.; SILVA, T. P. Análise da educação financeira de estudantes da Educação de Jovens e Adultos. Revista de Educação, Ciências e Matemática, Duque de Caxias, v. 11, n. 2, e5731, 2021. Disponível em: http://funes.uniandes.edu.co/28048/1/Leite2021Analise.pdf. Acesso em: 20 nov. 2021.

LIBÂNEO, J. C. et al. Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2003.

LUCKESI, C. Avaliação da aprendizagem na escola: reelaborando conceitos e criando a prática. 2. ed. Salvador: Malabares Comunicações e eventos, 2005.

LUSARDI, A. Financial literacy: an essential tool for informed consumer choice? (n. W14084). National Bureau of Economic Research. Cambridge: National Bureau of Economic, 2008.

LUSARDI, A.; MITCHELL, O. Financial literacy and planning: Implications for retirement well–being. Oxford: Oxford University Press, 2011. p. 17-39. Disponível em: https://www.nber.org/papers/w17078. Acesso em: 20 nov. 2021.

MARTINELLI, A.; VICENTE, A. A Matemática como ferramenta para a educação financeira. In: PARANÁ. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE: artigos [versão on-line]. Programa de Desenvolvimento Educacional. Secretaria de Educação, 2016. (Cadernos PDE). v. 1. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_mat_unioeste_alcionimartinelli.pdf. Acesso em: 20 nov. 2021.

MORAN, J. M. As mídias na educação. In: MORAN, J. M. Desafios na Comunicação Pessoal. 3. ed. São Paulo: Paulinas, 2007. p. 162-166. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/prof/moran/site/textos/tecnologias_eduacacao/midias_educ.pdf. Acesso em: 20 nov. 2021.

ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO (OECD). National strategies for financial education. [S. l.]: OECD, 2013. Disponível em: https://www.oecd.org/financial/education/advancing-national-strategies-for-financialeducation.htm. Acesso em: 20 nov. 2021.

PAGANI, R. N.; KOVALESKI, J. L.; RESENDE, L. M. Methodi Ordinatio: a proposed methodology to select and rank relevant scientific papers encompassing the impact factor, number of citation, and year of publication. Scientometrics, [S. l.], n. 105, p. 2109-2135, 2015. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11192-015-1744-x. Acesso em: 20 nov. 2021.

PARANÁ. Diretrizes Curriculares Complementares e o Referencial Curricular do Novo Ensino Médio para o Estado do Paraná. Indicação n.º 04/2021. Conselho Estadual de Educação (CEE/PR), 2021. Disponível em: https://www.cee.pr.gov.br/sites/cee/arquivos_restritos/files/documento/2021-08/deliberacao_04_21.pdf.

POLYA, G. A arte de resolver problemas. Rio de Janeiro: Interciência, 2006.

POTRICH, A. C. G.; VIEIRA, K. M.; CERETTA, P. S. Nível de alfabetização financeira dos estudantes universitários, afinal, o que é relevante? Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, Curitiba, v. 12, n. 3, p. 314-333, 2013.

RESENDE, A. F.; KISTEMANN JÚNIOR, M. A. On consumption, gender and education of youth and adult: investigating the production of meanings and the decision-making of individuals-consumers. Revista de Educação, Ciências e Matemática, Duque de Caxias, v. 5, n .1, p. 27-40, 2015. Disponível em: http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/recm/article/view/2755. Acesso em: 20 nov. 2021.

SANTOS, L. Educação financeira em livros didáticos de matemática dos anos iniciais do ensino fundamental: quais as atividades sugeridas nos livros dos alunos e as orientações presentes nos manuais dos professores? 2023. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - UFPE, Recife, 2017.

SANTOS, S. D.; GRESELE, W. D.; WALTER, S. A. Educação financeira e decisões financeiras e de consumo dos acadêmicos de um curso de administração. Revista da Faculdade de Administração e Economia, São Bernardo do Campos, v. 10, n. 1, p. 203-221, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v10n1p203-221. Acesso em: 20

nov. 2021.

SCHWANTZ, A. S.; WINCK, C. A. Educação e alfabetização financeira de alunos de graduação em uma IES catarinense. Revista Desenvolvimento em Questão, Ijuí, v. 19, n. 56, p. 225-245, jul./set. 2021. DOI https://doi.org/10.21527/2237-6453.2021.56.11099

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO (SEED/PR). Referencial Curricular do Novo Ensino Médio Paranaense. Curitiba: SEED, 2021.

SEKITA, S. Financial literacy and retirement planning in Japan. Journal of Pension Economics and Finance, Cambridge, v. 10, n. 04, p. 637-656, 2011.

SILVA, A. J. Educação Matemática Financeira no Ensino Médio: Projeto “De olho na Economia”. In: ENCONTRO BRASILEIRO DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 20, 2016, Curitiba. Anais [...]. Curitiba: EBRAPEM, 2016.

Disponível em: http://www.ebrapem2016.ufpr.br/wpontent/uploads/2016/04/gd15_anderson_silva.pdf. Acesso em: 20 nov. 2021.

SILVA, A.; POWELL, A. Educação Financeira na escola: a perspectiva da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Boletim GEPEM, [S. l.], n. 66, p. 3-19, 2015. DOI https://doi.org/10.4322/gepem.2015.024.

SILVA, F. G.; PESSOA, C. A. S. Educação financeira escolar: Análise de atividade de educação financeira de um livro de matemática do 4º ano do ensino fundamental. Revista de Educação, Ciências e Matemática, Duque de Caxias, v. 11, n. 2, e6207, 2021. Disponível em: http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/recm/article/view/6207. Acesso em:

nov. 2021.

SILVA, G. O. et al. Alfabetização financeira versus educação financeira: um estudo do comportamento de variáveis socioeconômicas e demográficas. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, Salvador, v. 7, n.3, set/dez. 2017.

SILVA, I. T.; SILVA, M. M. F.; SELVA, A. C. V. Temas de educação financeira abordados no ensino médio regular e em jovens e adultos Livros didáticos de educação: Estamos estimulando práticas reflexivas nas escolas? Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, Recife, v. 12, n. 2, 2021.

SOUZA, T. V.; KROM, V. Sistema previdenciário no Brasil. In: ENCONTRO LATINOAMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO, 21, 2017, São José dos Campos. Anais […] São José dos Campos: INIC, 2017.

STOLPER, O. A.; WALTER, A. Financial literacy, financial advice, and financial behavior. Journal of Business Economics, v. 87, n. 5, 581-643, 2017.

Downloads

Publicado

2023-06-01

Como Citar

CIESLAK, M.; MAZUREK CIESLAK, A.; KAEFER MANGINI, L. F.; RIBEIRO DE OLIVEIRA JUNIOR, C.; ANTUNES, A. C. A educação financeira no novo ensino médio paranaense: reflexões sociais por meio de uma pesquisa bibliográfica. REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 18, p. e023tl4006, 2023. DOI: 10.22169/revint.v18.e023tl4006. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/e023tl4006. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigo