Vigotski e a teoria histórico-cultural: um primeiro olhar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22169/revint.v18.e023tl4001

Palavras-chave:

Aprendizagem. Desenvolvimento. Materialismo Histórico-dialético. Teoria Histórico-cultural. Vigotski.

Resumo

Este artigo busca discorrer sobre a Teoria Histórico-cultural, criada por Lev S. Vigotski, a qual é baseada no Materialismo Histórico-dialético, de Karl Marx, e que serve de base teórico-metodológica para outras teorias, como a Teoria da Atividade. O texto expõe uma síntese da Teoria Histórico-cultural, abordando suas principais características e conceitos teóricos, e discorre sobre a biografia do seu percursor. Além disso, apresenta uma condensação de sua base teórica, como forma de auxiliar interessados na temática bem como demais estudiosos da área educacional. Como procedimento metodológico, utilizamos uma abordagem qualitativa com a adoção de pesquisa documental. Diante do exposto, constatamos, por meio desse estudo, que a Teoria Histórico-cultural é imprescindível para a melhor compreensão do desenvolvimento do homem e da sociedade, uma vez que realiza sua análise com base no percurso histórico, cultural e social.

Palavras-chave: Aprendizagem; Desenvolvimento; Materialismo Histórico-dialético; Teoria Histórico-cultural; Vigotski.

ABSTRACT

This article seeks to discuss the Cultural-Historical Theory, created by Lev S. Vygotsky, which is based on Karl Marx's Dialectical-Historical Materialism, and serves as a theoretical and methodological basis for other theories, such as the Activity Theory. The text presents a synthesis of the Cultural-Historical Theory, addressing its main characteristics and theoretical concepts, and discusses the biography of its precursor. In addition, it presents a condensation of its theoretical basis, as a way to help those interested in the theme as well as other scholars in the educational area. As a methodological procedure, we used a qualitative approach with the adoption of documentary research. Given the above, we found, through this study, that the CulturalHistorical Theory is essential for a better understanding of the development of man and society, since it performs its analysis based on the historical, cultural and social path.

Key-words: Learning; Development; Historical-dialectical Materialism; Cultural-historical Theory; Vigotski.

RESUMEN

Este artículo pretende discutir la Teoría Histórico-Cultural, creada por Lev S. Vygotsky, que se basa en el Materialismo Dialéctico-Histórico de Karl Marx, y sirve de base teórica y metodológica para otras teorías, como la Teoría de la Actividad. El texto expone una síntesis de la Teoría Histórico-Cultural, abordando sus principales características y conceptos teóricos, y discute sobre la biografía de su precursor. Además, presenta una condensación de sus fundamentos teóricos, como forma de auxiliar a los interesados en el tema, así como a otros estudiosos del área educativa. Como procedimiento metodológico, utilizamos un enfoque cualitativo con la adopción de la investigación documental. Teniendo en cuenta lo anterior, encontramos, a través de este estudio, que la Teoría Histórico Cultural es esencial para una mejor comprensión del desarrollo del hombre y de la sociedad, ya que realiza su análisis con base en el contexto histórico, cultural y social.

Palabras-clave: Aprendizaje; Desarrollo; Materialismo Histórico-dialéctico; Teoría histórico-cultural; Vigotski.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Quenizia Vieira Lopes, Universidade Estadual de Londrina/Instituto Federal do Tocantins

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Londrina. Pedagoga/área Orientação Educacional do Instituto Federal do Tocantins.

Adriana Regina de Jesus, Universidade Estadual de Londrina

Pós-doutora em Educação. Professora do Departamento e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual de Londrina.

Referências

BERNARDES, Maria Eliza Mattosinho. O desenvolvimento humano e apropriação da cultura. In: ______. Mediações simbólicas na atividade pedagógica: contribuições da teoria histórico-cultural para o ensino e aprendizagem. 1. ed. Curitiba: CRV, 2012. p. 29-77.

BERNARDES, Maria Eliza Mattosinho. Prefácio. In: BARBOSA, Maria Valéria; MILLER, Stela; MELLO, Suely Amaral (Org.). Teoria histórico-cultural:

questões fundamentais para a educação escolar. Marília: Oficina Universitária;

São Paulo: Cultura Acadêmica, 2016.

ELHAMMOUMI, Mohamed. O paradigma de pesquisa histórico-cultural de Vygotsky: a luta por uma nova Psicologia. Traduzido por Suely Amaral Mello. In: BARBOSA, Maria Valéria; MILLER, Stela; MELLO, Suely Amaral (Org.). Teoria histórico-cultural: questões fundamentais para a educação escolar. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2016.

KRAVTSOV, Guennadi Grigorievitch; KRATSOVA, Elena Evguenievna. A inter-relação instrução e desenvolvimento: Problemas e perspectivas. In: VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Psicologia, educação e desenvolvimento: Escritos de L. S. Vigotski. Organização e tradução de Zoia Prestes e Elizabeth Tunes. 1ª ed. São Paulo: Expressão Popular, 2021.

LEONTIEV, Alexis. O desenvolvimento do psiquismo. Tradução de Rubens Eduardo Frias. 2ª ed. São Paulo: Centauro, 2004.

LURIA, Alexander Romanovich. Vigotskii. In: VIGOTSKII, Lev Semenovich; LURIA, Alexander Romanovich; LEONTIEV, Alex N.. Linguagem, Desenvolvimento e Aprendizagem. Tradução de Maria da Pena Villalobos. 11ª ed. São Paulo: Ícone, 2010. (Coleção Educação Crítica)

MARTINS, Lígia Márcia. Da concepção de homem à concepção de psiquismo. In: MARTINS, Lígia Márcia. A formação social da personalidade do professor: um enfoque vigotskiano. 2ª Ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados. p. 31- 74. 2015.

MARTINS, Lígia Márcia; ABRANTES, Angelo Antonio; FACCI. Marilda Gonçalves (Org.). Periodização histórico-cultural do desenvolvimento psíquico: do nascimento à velhice. Campinas, SP: Autores Associados, 2016.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do partido comunista. 1ª. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

MARX, Karl. Introdução à contribuição à crítica da economia política. In: MARX, K. Contribuição à crítica da economia política. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política: Livro I; tradução Rubens Enderle. Versão e-book. São Paulo: Boitempo, 2013.

REGO, Teresa Cristina. Vygotsky: uma perspectiva histórico-cultural da educação. 12ª ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 8ª ed. Campinas: Autores Associados, 2003.

SILVA, Gilmara Belmiro da; GASPARIN, João Luiz. A mediação pedagógica em Vigotski, Comênio, Herbart, Dewey e Skinner. 1ª ed. São Paulo: Appris, 2020.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. 7 aulas de L. S. Vigotski sobre os fundamentos da pedologia. Organização e tradução de Zoia Prestes e Elizabeth Tunes. Rio de Janeiro: E-papers, 2018.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Psicologia, educação e desenvolvimento: Escritos de L. S. Vigotski. Organização e tradução de Zoia Prestes e Elizabeth Tunes. 1ª ed. São Paulo: Expressão Popular, 2021.

VIGOTSKII, Lev Semenovich; LURIA, Alexander Romanovich; LEONTIEV, Alex N.. Linguagem, Desenvolvimento e Aprendizagem. Tradução de Maria da Pena Villalobos. 11ª ed. São Paulo: Ícone, 2010. (Coleção Educação Crítica)

VIGOTSKY, Lev Semenovich. A formação social da mente: o desenvolvimento soa processos psicológicos superiores. Organizadores Michael Cole…[et. al.] e tradução José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Barreto e Solange Castro Afeche. 7ª ed. São Paulo: Martins Fonte, 2007.

Downloads

Publicado

2023-06-01

Como Citar

VIEIRA LOPES, Q.; REGINA DE JESUS, A. Vigotski e a teoria histórico-cultural: um primeiro olhar . REVISTA INTERSABERES, [S. l.], v. 18, p. e023tl4001, 2023. DOI: 10.22169/revint.v18.e023tl4001. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/e023tl4001. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigo