A cidade de Presidente Prudente (SP) sob a ótica de crianças de uma escola pública

  • Ariadne de Sousa Evangelista Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT/UNESP)
  • Fátima Aparecida Dias Gomes Marin Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT/UNESP) https://orcid.org/0000-0001-6584-3656

Resumo

Este artigo é um recorte de uma tese cujo tema central foi a cidade e a infância. A partir da Sociologia da Infância e Geografia da infância, discutiu-se como as crianças concebem a cidade. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, caracterizada como estudo de caso. Os sujeitos da investigação foram dez crianças, de nove a onze anos, estudantes de uma escola pública, localizada na área central de Presidente Prudente (SP). O instrumento metodológico foi o Poema dos Desejos ou Wish Poem, que consistiu em um desenho elaborado a partir da sentença “A minha cidade é...”.  Conforme a perspectiva dos educandos, a cidade comporta elementos artificiais e naturais, e sua organização privilegia os veículos em detrimento das pessoas; isto é, para eles, é um local de passagem, não de encontros e diversão. É necessário que o poder público atenda às demandas das crianças e planeje as cidades com base na dimensão humana. Logo, deve-se investir em espaços públicos atrativos, seguros e arborizados, que favoreçam a criatividade e o encontro.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-10-06
Como Citar
de Sousa Evangelista, A., & Aparecida Dias Gomes Marin, F. (2021). A cidade de Presidente Prudente (SP) sob a ótica de crianças de uma escola pública. REVISTA INTERSABERES, 16(39), 1097-1114. https://doi.org/10.22169/revint.v16i39.2213