A formação em educação literária na construção do professor como interlocutor qualificado

Resumo

Este artigo apresenta um projeto de pesquisa-ação no âmbito de um curso de formação de professores no campo da Educação Literária, junto de cinco turmas de professores na cidade do Porto (Portugal) e cujo objetivo visava analisar e produzir conhecimento sobre as práticas docentes e o potencial pedagógico da Educação Literária. Assim, refletimos sobre a importância dos paradigmas pedagógicos pela forma como influenciam a ideia de Escola, o papel dos professores na definição da Educação Literária e sua importância enquanto instrumento pedagógico agregado à construção do programa. É nesta linha que se abrem caminhos para a reflexão sobre a Educação Literária enquanto espaço de promoção de democracia, motivador para a construção de cidadãos críticos sobre o mundo envolvente e que se reconhece a formação de professores como parte imprescindível de uma ação pedagógica reflexiva, apelando à ação de um professor enquanto “interlocutor qualificado” (COSME, 2009). Em síntese, podemos concluir que, através da cooperação entre professores participantes e investigadoras, tivemos aqui a oportunidade para aliar perspetivas e experiências sobre conceções e práticas em Educação Literária. Os discursos sobre as práticas são oportunidades para refletir sobre as próprias. Consideramos também que o que definimos como prática traça linhas de ação no trabalho pedagógico, com as suas estratégias e instrumentos específicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-10-06
Como Citar
Pereira, M. J., Cosme, A., & Malato , M. L. (2021). A formação em educação literária na construção do professor como interlocutor qualificado. REVISTA INTERSABERES, 16(39), 1219-1244. https://doi.org/10.22169/revint.v16i39.2133