Aplicação da análise SWOT no plano municipal de saneamento de Macatuba (SP)

  • Antônio Carlos Perucci Junior Uninter
  • André Maciel Pelanda Uninter
  • Ivana Maria Saes Busato Uninter

Resumo

O conceito de saneamento está ligado aos contextos históricos, políticos e sociais. A meta da universalização dos serviços é o grande foco das ações e legislações recentes. O Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) surge como peça primordial para estabelecimento de cenários e elaboração de estratégias para garantir qualidade e continuidade dos serviços de saneamento, sobretudo os de abastecimento de água e os de coleta, afastamento e tratamento de esgoto. Portanto, a proposta deste artigo é aplicar a análise SWOT nos principais indicadores do PMSB de uma cidade de pequeno porte no interior do estado de São Paulo. Concluiu-se que a análise SWOT constitui importante exercício para aprofundar a leitura de indicadores e determinar prioridades do planejamento estratégico.

Palavras-chave: plano de saneamento; indicadores; análise SWOT; planejamento estratégico.

Abstract

Sanitation’s concept is linked to historical, political, and social contexts. Universalization of services goal is the major focus of recent actions and legislation. The Municipal Basic Sanitation Plan (MBSP) emerges as the main tool for establishing scenarios and developing strategies to ensure sanitation services’ quality and continuity, especially water supply and sewage collection, disposal, and treatment. Therefore, this article proposal is to apply SWOT analysis to the main indicators of the MBSP of a small town in the interior of the state of São Paulo. It was concluded that SWOT analysis is an important exercise to deepen the reading of indicators and determine priorities for strategic planning.

Keywords: sanitation plan; indicators; SWOT analysis; strategic planning.

Resumen

El concepto de saneamiento está vinculado a los contextos históricos, políticos y sociales. La meta de universalización de los servicios es el gran foco de las acciones y legislaciones recientes. El Plan Municipal de Saneamiento Básico (PMSB) surge como pieza primordial para el establecimiento de escenarios y elaboración de estrategias para garantizar calidad y continuidad de los servicios de saneamiento, sobre todo los de abastecimiento de agua y los de recolección, alejamiento y tratamiento de aguas residuales. Por lo tanto, la propuesta de este artículo es aplicar el análisis SWOT a los principales indicadores del PMSB de una pequeña ciudad en el interior del estado de São Paulo. Se concluye que el análisis SWOT constituye importante ejercicio para profundizar en la lectura de indicadores y determinar prioridades de la planificación estratégica.

Palabras-clave: plan de saneamiento; indicadores; análisis SWOT; planificación estratégica.

Biografia do Autor

Antônio Carlos Perucci Junior, Uninter

Especialização em especialização em Perícia e Auditoria Ambiental pelo Centro Universitário Internacional Uninter. 

André Maciel Pelanda, Uninter

Mestrado Profissional em Governança e Sustentabilidade pelo Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul, Brasil.

Ivana Maria Saes Busato, Uninter

Doutorado em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Referências

BRASIL. Lei nº 11445, de 05 de janeiro de 2007. Estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico; cria o Comitê Interministerial de Saneamento Básico; altera as Leis nos 6.766, de 19 de dezembro de 1979, 8.666, de 21 de junho de 1993, e 8.987, de 13 de fevereiro de 1995; e revoga a Lei nº 6.528, de 11 de maio de 1978. (Redação pela Lei nº 14.026, de 2020). Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 3, 8 jan. 2007.

FERNANDES, Djair Roberto. Uma visão sobre a análise da Matriz SWOT como ferramenta para elaboração da estratégia. Revista de Ciências Jurídicas, Londrina, v. 13, n. 2, p. 57-68, set. 2012.

MORAES, L. R. dos S. Política e plano municipal de saneamento básico: aportes conceituais e metodológicos. In: MINISTÉRIO das cidades. Livro 1 – Instrumentos das políticas e da gestão dos serviços públicos de Saneamento Básico. Brasília: Editora, 2009.

MORAES, Luiz Roberto Santos; BORJA, Patrícia Campos. Revisitando o conceito de saneamento básico no Brasil e em Portugal. Politécnica, [S.I.], v. 20, p. 5-11, jun. 2014.

PEREIRA, Tatiana Santana Timóteo; HELLER, Léo. Planos municipais de saneamento básico: avaliação de 18 casos brasileiros. Eng. Sanit. Ambient., Rio de Janeiro, v. 20, n. 3, p. 395-404, set. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-41522015020000098824

ROLAND, Nathalia; REZENDE, Sonaly; HELLER, Léo. Fatores condicionantes da adoção do tipo de prestação de serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário: um estudo em oito municípios de minas gerais. Revista Aidis de Ingeniería y Ciencias Ambientales. Investigación, Desarrollo y Práctica, [S.l.], v. 13, n. 1, p. 66-83, 6 abr. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2020.13.1.64746.

SILVA, Rosidenis Aragão da. A Análise SWOT como Diagnóstico Organizacional no Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto do município de Benevides-PA. 2016. 26 f. Monografia (Especialização) — Curso de Especialização em Gestão Pública, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016.

Publicado
2022-09-15
Como Citar
PERUCCI JUNIOR, A. C.; MACIEL PELANDA, A.; SAES BUSATO, I. M. Aplicação da análise SWOT no plano municipal de saneamento de Macatuba (SP). Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade, v. 11, n. 22, p. 4-14, 15 set. 2022.
Seção
Artigo