O uso do andador infantil e alterações nos padrões motores: uma revisão da literatura

  • Wanessa Batista de Araújo Universidade Potiguar
  • Artur Vinícius Avelino Dantas
  • Joel Florêncio da Costa Neto Universidade Potiguar

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar os efeitos do andador e as possíveis alterações nos padrões motores de crianças. Trata-se de uma revisão de literatura, realizada a partir de artigos indexados nos bancos de dados Mendeley e Google Scholars. O levantamento bibliográfico ocorreu em 2020, por meio dos seguintes descritores: "pediatria", "fisioterapia", "desenvolvimento infantil" e “andadores”. Estabeleceram-se como critérios de inclusão: artigos científicos que abordassem o tema, divulgados na íntegra, publicados nos últimos dez anos (entre 2011e 2019) e escritos em língua portuguesa e inglesa. Os resultados indicaram que o uso do andador pode comprometer o desenvolvimento motor infantil, como alterações na marcha e equilíbrio. Em vista disso, recomendam-se mais pesquisas que avaliem os impactos ocasionados por andadores infantis e que proponham estratégias de intervenção.

Palavras-chave: pediatria; fisioterapia; desenvolvimento infantil; andadores.

Abstract

This study analyzes the effects of baby walkers and the possible changes in motor patterns on children. It is a literature review, conducted from articles indexed in the Mendeley and Google Scholars databases. The bibliographic survey happened in 2020, using the following descriptors: "pediatrics", "physiotherapy", "child development", and "baby walkers". Inclusion criteria were: scientific articles that addressed the theme, published in full, published in the last ten years (between 2011 and 2019), and written in Portuguese and English — which resulted in seven articles. The results indicated that the use of baby walkers can compromise the child's motor development, such as changes in gait and balance. Therefore, further research is recommended to evaluate the impacts caused by baby walkers, as well as to propose intervention strategies.

Keywords: pediatrics; physiotherapy; child development; baby walkers.

Resumen

Este trabajo tuvo como objetivo analizar los efectos del andador y las posibles alteraciones en los patrones motores de los niños. Se trata de una revisión de la literatura, realizada a partir de artículos indexados en los bancos de datos Mendeley y Google Scholars. La recopilación bibliográfica se realizó en 2020, por medio de los siguientes descriptores: “pediatría”, “fisioterapia”, “desarrollo infantil” y “andadores”. Se establecieron como criterios de inclusión: artículos científicos que trataran el tema, en edición integral, publicados en los últimos diez años (entre 2011 y 2019) y escritos en lengua portuguesa o inglesa. Los resultados indicaron que el uso del andador puede comprometer el desarrollo motor infantil, como alteraciones en la marcha y equilibrio. En virtud de ello, se recomiendan nuevas investigaciones para evaluar los impactos producidos por andadores infantiles y que propongan estrategias de intervención.

Palabras-clave: pediatría; fisioterapia; desarrollo infantil; andadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wanessa Batista de Araújo, Universidade Potiguar

Discente do curso de fisioterapia da Universidade Potiguar/Mossoró.

Artur Vinícius Avelino Dantas

Discente do curso de fisioterapia da Universidade Potiguar/Mossoró.

Joel Florêncio da Costa Neto, Universidade Potiguar

Docente da Universidade Potiguar/Mossoró. Fisioterapeuta pela Universidade Potiguar, Residente Multiprofissional em Atenção Básica/Saúde da Família e Comunidade pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Universidade Potiguar – UNP Mossoró/RN.

Referências

ALBUQUERQUE, Karolina Alves de; MANCINI, Marisa Cotta; DRUMMOND, Adriana de França; MEGALE, Luis; CHAGAS, Paula Silva de Carvalho. Estimulação ambiental e uso do andador infantil por lactentes com desenvolvimento normal. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant, Recife, v. 11, n. 2, p. 181-185, 2011.

CHAGAS, Paula S. C.; MANCINI, Marisa C.; TIRADO, Marcella G. A.; MEGALE, Luiz; SAMPAIO, Rosana F. Crenças sobre o uso do andador infantil. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 15, n. 4, p. 303-309, 2011.

LIMA, Katriele Neri; GUARNIERI, Michele Porto. Consequências sobre o uso do andador infantil: uma revisão bibliográfica. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASB, 17., 2019, Barreiras. Anais [...]. Barreiras: Fasb, 2019. p. 1- 5. Disponível em: http://www.fasb.edu.br/revista/index.php/cic/index. Acesso em: 11 fev. 2020.

LUCENA, Ívina Gomes de; ARAðJO, Ana Paula Melo; SANTOS, José Lucas Vicente dos; SOUSA, Milena Nunes Alves de; MARINHO JUNIOR, Umberto. Riscos do uso de andador infantil para o desenvolvimento das crianças. Journal Of Medicine and Health Promotion, Patos, v. 3, n. 1, p. 977-987, 2018.

PAULA, Hercy Jhennifer Silveira de; OLIVEIRA, Eustáquio Luiz Paiva. Percepção dos pais sobre o andador infantil e seus efeitos sobre desenvolvimento motor da criança: revisão da literatura. Revista Científica Univiçosa, Viçosa, v. 10, n. 1, p.635-640, jan./dez. 2018.

SCHOPF, Pâmela Pissolato; SANTOS, Christian Caldeira. A influência do uso do andador infantil no desenvolvimento sensório motor das crianças de escolas de educação infantil. Journal of Human Growth and Development, [S.l.], v. 25, n. 2, p.156-161, out. 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.7322/jhgd.102998.

SCHOPF, Pâmela Pissolato; SANTOS, Christian Caldeira. Percepção dos pais quanto à influência do andador infantil no desenvolvimento motor de seus filhos. Efdeportes.com, Revista Digital., Buenos Aires, n. 207, p.1-11, ago. 2015. Disponível em: http://www.efdeportes.com. Acesso em: 09 fev. 2020.

SOUZA, Marcela Tavares de; SILVA, Michelly Dias da; CARVALHO, Rachel de. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 102-106, jan./mar. 2010.

WHITTEMORE, R.; KNAFL, K. The integrative review: updated methodology. J AdvNurs, v. 52, n. 5, p. 546-53, 2005.

Publicado
2022-02-16
Seção
Artigos