Condições de balneabilidade das praias de São Luís/Maranhão

  • Raimundo Luna Neres
  • Dorivan Aguiar dos Santos Luna Neres Unidade Escolar Mônica Vale

Resumo

Este artigo visa examinar as condições de balneabilidade das praias Ponta d’Areia, Calhau e Olho d’Água no município de São Luís, Maranhão. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada em outubro, novembro e dezembro de 2019. Como referencial de análise, utilizamos os dados levantados in loco, as leis ambientais e os documentos publicados pelos meios de comunicação local e por órgãos públicos. Observou-se que esgoto, lixo e resíduos de construção civil são constantemente despejados nessas praias; ademais, há manchas de óleo oriundas dos navios fundeados na Baía de São Marcos, sem o devido controle da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. A análise dos dados revelou que essas praias estão poluídas e, consequentemente, impróprias para o banho. 

Palavras-chave: praias; balneabilidade; meio ambiente; lixo.

Abstract

This article aims to examine the bathing suitability of Ponta d'Areia, Calhau and Olho d 'Água beaches in the city of São Luís, Maranhão. This is qualitative research, carried out in October, November, and December 2019. As a reference for analysis, we used the data collected on-site, environmental laws, and documents published by the local media and government agencies. It was observed that sewage, garbage, and construction waste are constantly dumped on these beaches; in addition, there are oil stains from ships anchored in São Marcos Bay, without the proper control of the State Secretariat for the Environment. Data analysis revealed that these beaches are polluted and, consequently, unfit for bathing.

Keywords: beaches; bathing suitability; environment; garbage.

Resumen

Este artículo pretende estudiar las condiciones de balneabilidad de las playas de Ponta d'Areia, Calhau y Olho d'Água en el municipio de San Luís – Maranhão. Se trata de una investigación cualitativa, realizada en octubre, noviembre y diciembre de 2019. Como marco de análisis, utilizamos los datos recogidos in loco, las leyes ambientales y los documentos publicados por los medios locales y agencias públicas. Se observó que las aguas residuales, la basura y los restos de construcción civil son constantemente vertidos en esas playas; además, hay manchas de petróleo de los barcos anclados en la Bahía de San Marcos, sin el debido control de la Secretaría de Estado para el Medio Ambiente. El análisis de los datos reveló que esas playas están contaminadas y, por lo tanto, no son aptas para el baño.

Palabras-clave: playas; balneabilidad; medioambiente; basura.

Biografia do Autor

Raimundo Luna Neres
Prof. de Matemátiac da Universidade Ceuma - UNICEUMA. Prof. do Mestrado em Gestão do Ensino da Educação Básica - UFMA. Prof. do Doutorado em Educação em Ciências e Matemática - REAMEC    
Dorivan Aguiar dos Santos Luna Neres, Unidade Escolar Mônica Vale

Profa d Unidade Escolar Mônica Vale - Secretaria de Estado da Educção do Maranhão.

Mestranda em Ciências Jurídicas pela Universidad Columbia – Asunción/Paraguay.

Coorientador. Prof. Dr. Raimundo Luna Neres.

Referências

ANDRADE, Sueli Amália de. Considerações gerais sobre a problemática ambiental. In:

LEITE, Ana Lúcia Tostes de Aquino; MININNI-MEDINA, Naná (org.). Educação Ambiental - Curso básico a distância: questões ambientais: conceitos e história, problemas e alternativas. 2. ed. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2001.

BALNEABILIDADE: 16 PONTOS em praias na ilha de São Luís estão impróprios. G1-MA, [S.l.], 13 dez. 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2019/12/13/balneabilidade-16-pontos-em-praias-na-ilha-de-sao-luis-estao-improprios.ghtml. Acesso em: 2 set. 2022.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2022]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 22 ago. 2022.

BRASIL. Lei n. 6.938/81 de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Brasília: Presidência da República; Casa Civil, 2022. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6938.htm. Acesso em: 22 ago. 2022.

BRASIL. CONAMA - Conselho Nacional de Meio Ambiente (Brasil). Resolução no. 274, de 29 de novembro de 2000. Dispõe sobre a qualidade das águas, de balneabilidade e alerta o disposto na Resolução 020, de 18 de junho de 1986. Diário Oficial da União: Brasília, DF, seção 1, 25 jan. 2001.

BRASIL. Decreto Federal no. 4.297/2002. Regulamenta o art. 9o, inciso II, da Lei no 6.938, de 31 de agosto de 1981, estabelecendo critérios para o Zoneamento Ecológico-Econômico do Brasil - ZEE, e dá outras providências. Brasília: Presidência da República; Casa Civil, 2002.

BRASIL. Lei no. 6.938 de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6938. Acesso em: 22 ago. 2022.

ESPIG, Silvana Andreoli; REIS, Ilka Afonso; ARAÚJO, Elienê Pontes de. Identificação do ecossistema mangue na Ilha do Maranhão através de técnicas de classificação utilizando imagens do sensor CCD-CBERS-2. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 13., 2007, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: INPE, 2007. p. 5731-5737.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco. Curso de direito ambiental brasileiro. São Paulo: Saraiva, 2009.

KISHI, Sandra Akemi Shimada. Princípios Fundamentais das Políticas Nacionais do Meio Ambiente e da Biodiversidade. In: AGRELLI, Vanusa Murta; SILVA, Bruno Campos (org.). Direito Urbanístico e Ambiental. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008.

LIBERATO, Ana Paula. Direito Ambiental. Curitiba: Juruá Editora, 2008.

MARANHÃO. Procuradoria Geral do Estado Consolidação das Leis sobre direito ambiental no Estado do Maranhão 2010-2021/ Procuradoria Geral do Estado do Maranhão. – São Luís: PGE, 2022. Lei n. 9.413 de 2011. Regulamenta o art. 241 da Constituição do Estado do Maranhão, o Capítulo III, Seção VII da Lei Estadual nº 5.405, de 08 de abril de 1992, o Capítulo II, Seção VIII do Decreto Estadual nº 13.494, de 12 de novembro de 1993, e institui o Sistema Estadual de Unidades de Conservação da Natureza do Maranhão e dá outras providências. São Luís: Procuradoria Geral do Estado do Maranhão, 2022.

MARANHÃO. Lei Estadual no. 5.405 de 08 de abril de 1992. Institui o Código de Proteção de Meio Ambiente e dispõe sobre o Sistema Estadual de Meio Ambiente e o uso adequado dos recursos naturais do Estado do Maranhão. São Luís: Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos hídricos - SEMA, 1992.

MICHALISZYN, M.S.; TOMASINI, R. Pesquisa: orientações e normas para elaboração de projetos, monografias e artigos científicos. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio da Pesquisa Social. In: DESLANDES, S. F.; GOMES, R.; MINAYO, M. C de S. (org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2008.

MORAES, Nice. Crescimento Desordenado de São Luís preocupa Holanda. Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, [S.l.], 30 out. 2007. Disponível em: https://www.al.ma.leg.br/noticias/10139. Acesso em: 24 ago. 2022.

MOURA, Danieli Veleda. Praias, dunas e restingas: conceito, características e importância à luz do Direito. Revista Eletrônica Jus Vigilantibus, [S.l.], v. 0595, p. 1, 2009.

PRAIAS CONTINUAM IMPRÓPRIAS para o banho em São Luís. Bom dia, Mirante. [S.l: s.n.]. 2019. 1 vídeo (3 min). Disponível em: https://globoplay.globo.com/v/7291804/. Acesso em: 02 set. 2022.

SILVA, José Afonso da. Direito Ambiental Constitucional. 8. ed. São Paulo: Malheiros editora, 2010.

SIRVINSKAS, Luís Paulo. Manual de Direito Ambiental. 8. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

THAMIRES, Suelem. Praias da Ilha de São Luís possuem apenas três pontos próprios para banho. MA10, [S.l.], 4 maio 2019. Disponível em: https://www.ma10.com.br/tag/improprias-pra-banho/. Acesso em: 2 set. 2022.

VIEIRA, R.H.S.F.; CATTER, K, M. The stormwater drain system as a pollution vector of the seashore in Fortaleza/Ceará, Brazil. J. Microbiol., [S.l.], v. 33, n. 4, p. 294-298, 2002.

Publicado
2022-09-16
Como Citar
NERES, R. L.; AGUIAR DOS SANTOS LUNA NERES, D. Condições de balneabilidade das praias de São Luís/Maranhão . Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade, v. 11, n. 22, p. 114-125, 16 set. 2022.
Seção
Artigo