Facebook Live como estratégia de comunicação digital da Caixa Econômica Federal

Autores

  • Tatiane Rodrigues Carvalho de Oliveira Universidade Católica de Brasília (UCB)
  • Robson Dias Universidade Católica de Brasília (UCB)
  • Victor Márcio Laus Reis Gomes Universidade Católica de Brasília (UCB)

DOI:

https://doi.org/10.21882/ruc.v6i10.725

Resumo

As novas tecnologias impactaram o fluxo de informações na sociedade, de maneira que a comunicação não precisa ser mediada necessariamente pelos tradicionais veículos de imprensa para se tornar pública. Qualquer cidadão, inclusive as organizações por meio das suas assessorias de imprensa, também podem estabelecer assuntos que mereçam destaque na agenda da mídia. Neste cenário, as assessorias de imprensa das empresas também estão tendo que repensar sua forma de comunicar. O que antes era informado pela mídia, agora passa a ser realizado pela organização diretamente aos seus públicos de interesse por meio de canais próprios e redes sociais. A Caixa Econômica Federal, instituição financeira e agente de políticas públicas, utilizou uma estratégia inovadora no mercado bancário e também no Estado ao divulgar o início do calendário de pagamentos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) – maior fundo da América Latina, por entrevista em transmissão ao vivo (Live) no Facebook. Foi a primeira entrevista ao vivo da empresa no perfil próprio da rede social. Este artigo analisa o caso e apresenta um estudo sobre o conceito de agenda setting em um ambiente tão transformado pela comunicação digital.

DOI: 10.21882/ruc.v6i10.725

Recebido em: 29/12/2017

Aceito em: 28/06/2018

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Rodrigues Carvalho de Oliveira, Universidade Católica de Brasília (UCB)

Jornalista, mestranda do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB), Brasil. Atua como Gerente Nacional da assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal desde abril de 2016 e está nesta área da empresa desde 2009, passando pelas funções de analista e gerente executiva.

Robson Dias, Universidade Católica de Brasília (UCB)

Jornalista, mestre e doutor em Comunicação. Professor e pesquisador do mestrado em Comunicação da Universidade Católica de Brasília (PPGSSCOM/UCB), linha Processos Comunicacionais nas Organizações. Líder do grupo Prêmios, Indicadores e Estratégias em Comunicação.

http://lattes.cnpq.br/8069653382475080

http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2838034439891860

Victor Márcio Laus Reis Gomes, Universidade Católica de Brasília (UCB)


Publicitário, mestre em Administração e doutor em Comunicação. Professor e pesquisador do PPGSSCOM/UCB, linha Processos Comunicacionais nas Organizações. Líder do grupo de pesquisa: Núcleo de Estudos Comunicacionais da Estratégia (ESTRACOM). Líder do projeto de pesquisa  O noticiário de negócios e os discursos sobre a estratégia em grandes empresas privadas do Distrito Federal - FAPDF - 193.001.037/2015 - Projeto Externo

Referências

CASTELLS, Manuel. A sociedade em Rede. Volume I. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1999.

HOHLFELDT, Antonio. Hipóteses contemporâneas de pesquisa em comunicação. In: HOHLFELDT, Antonio, MARTINO, Luiz C., FRANÇA, Vera Veiga (org.). Teorias da Comunicação. Conceitos, escolas e tendências. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2001.

LOPES, Gustavo. As redes sociais e os novos fluxos de agendamento: uma análise da cobertura da Al Jazeera durante a Primavera Árabe. Dissertação de mestrado em ciências da comunicação. Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

FORMIGA, Fábio de Oliveira Nobre. A evolução da hipótese de agenda setting. Dissertação de mestrado em Comunicação. Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

McCOMBS, Maxwell. A teoria da agenda: A mídia e a opinião pública. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2009.

SAAD, Elizabeth. In: KUNCH, Margarida (Org). Comunicação Organizacional. Volume I. São Paulo: Editora Saraiva, 2009a.

SAAD, Elizabeth. A Comunicação Digital nas Organizações: Tendências e transformações. Revista Organicom, Ed. Especial, 162-167, 2009b.

PEREIRA, Else Lemos Inácio. Comunicação integrada, relações públicas e gestão da reputação em ambientes digitais: uma perspectiva crítica. Revista Organicom, nº 22, 198-208, 2015.

TORRES, Letícia e FERRAZ, Cibele. Comunicação Integrada na era das mídias sociais. PPGCOM ESPM, Trabalho apresentado no Grupo de Trabalho Comunicação, Consumo, Poder e Discursos Organizacionais, do 3º Encontro de GTs – Comunicon, 2013.

WOLF, Mauro. Teorias de Comunicação. Lisboa: Grupo Editorial Presença, 1987.

Downloads

Publicado

2018-06-29

Como Citar

OLIVEIRA, T. R. C. de; DIAS, R.; GOMES, V. M. L. R. Facebook Live como estratégia de comunicação digital da Caixa Econômica Federal. Revista UNINTER de Comunicação, [S. l.], v. 6, n. 10, p. 88–101, 2018. DOI: 10.21882/ruc.v6i10.725. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistacomunicacao/index.php/revista/article/view/725. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos