O alcoolismo e suas consequências na estrutura familiar

  • Edna Miura Martins Universidade Federal do Piauí, Especialização em Saúde Pública
  • Gilvo Farias Junior UFPE

Resumo

O presente artigo trata da questão do alcoolismo, sua conceituação, as formas de alcoolismo. Trata também da relação direta do álcool com a violência e seus reflexos dentro da família. Ilustra o problema grave que é o alcoolismo através de uma estatística negativa, como apresenta também o modelo de sistema de família, no caso da família alcoólica, definido por Steinglass. O ambiente familiar também pode afetar a transmissão do alcoolismo aos filhos de alcoólicos. E mostra que as crianças de pais alcoólicos têm mais probabilidades de se tornarem alcoólicos em adultos. Faz uma reflexão sobre os problemas de saúde, as questões sociais, e o risco no convívio familiar, resultantes do uso excessivo de bebidas alcoólicas, quanto aos aspectos físicos, mentais e sociais. A realização deste estudo consiste em conceituar, através de diferentes fontes, o fenômeno do alcoolismo e seus reflexos na família, que pode resultar em doenças, conflitos e a co-dependência. Para tanto, se buscou conceituar, traçar breve histórico do alcoolismo, a partir da revisão bibliográfica.

Palavras-chave: Alcoolismo. Família. Violência. Estatística. Compreensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna Miura Martins, Universidade Federal do Piauí, Especialização em Saúde Pública
Gilvo Farias Junior, UFPE
Publicado
2012-12-11
Seção
Artigos