Investigação da técnica de preparo e administração de medicamentos por sonda nasoenteral

  • Alessandra Hübner de Souza Universidade Luterana do Brasil - ULBRA
  • Camilla Ferreira Cassiano Moreira
  • Ana Lúcia da Costa Albrecht
  • Flavia Tasmim Techera Antunes

Resumo

As sondas de alimentação constituem uma via alternativa para a administração de medicamentos a pacientes cuja situação clínica os impede de utilizar via oral. O objetivo deste estudo foi avaliar a técnica de preparo e administração de medicamentos realizada via sonda enteral. Trata-se de um estudo observacional, descritivo, conduzido em uma unidade de terapia intensiva com amostra de 270 doses de medicamentos, que foram preparadas por 20 técnicos de enfermagem, no mês de outubro de 2018. Os erros foram agrupados nas categorias diluição e mistura de formas líquidas, acrescidas de trituração de sólidos. Conclui-se que a trituração indevida pode comprometer o resultado terapêutico de comprimidos revestidos e de liberação controlada; além disso, misturar medicações ao triturá-las pode aumentar o risco de interações farmacêuticas e contribui para a obstrução da sonda. Portanto as equipes de enfermagem precisam ser treinadas e supervisionadas por farmacêuticos, tanto na preparação das medicações como na administração dos tratamentos.

Palavras-chave: sonda de nutrição enteral; administração de medicamentos; segurança do paciente.

Abstract

Feeding tubes are an alternative for administering medication to patients whose clinical situation prevents them from using it orally. The aim of this study was to evaluate the technique of preparation and administration of drugs performed via enteral probe. This is an observational, descriptive study conducted in an intensive care unit with a sample of 270 doses of medication, which were prepared by 20 nursing technicians, in October 2018. Errors were grouped into the categories of dilution and mixing of liquid forms, plus solid grinding.   It is concluded that improper grinding can compromise the therapeutic result of coated and controlled-release tablets; in addition, mixing medications when grinding them can increase the risk of pharmaceutical interactions and contribute to tube obstruction. Therefore, nursing teams need to be trained and supervised by pharmacists, both in the medication preparation and in the administration of treatments.  

Keywords: enteral nutrition probe; medication administration; patient safety.

Resumen

Las sondas de alimentación son una vía alternativa para la administración de medicamentos a pacientes cuya situación clínica les impide utilizar la vía oral. El objetivo de este estudio fue evaluar la técnica de preparación y administración de fármacos realizada vía sonda enteral. Se trata de un estudio de observación, descriptivo, llevado en una unidad de terapia intensiva, con muestra de 70 dosis de medicamentos, preparados por 20 técnicos de enfermería, en el mes de octubre de 2018. Los errores fueron agrupados en las categorías dilución y mezcla de formas líquidas, acompañadas de trituración de sólidos. Se concluye que la trituración indebida puede comprometer el resultado terapéutico de cápsulas revestidas y de liberación controlada; además, mezclar fármacos al triturarlos puede aumentar el riesgo de interacciones medicamentosas y contribuye para la obstrucción de la sonda. Por lo tanto, el personal de enfermería necesita ser entrenado y supervisado por farmacéuticos, tanto en la preparación de medicamentos como en la administración de tratamientos.

Palabras-clave: sonda de nutrición enteral; administración de medicamentos; seguridad del paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Hübner de Souza, Universidade Luterana do Brasil - ULBRA

Possui graduação em Farmácia Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria (2002), mestrado em Ciências Biológicas (Bioquímica Toxicológica) pela Universidade Federal de Santa Maria (2005) e doutorado em Farmacologia Bioquimica e Molecular pela Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Atualmente é colaborador - SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE MINAS GERIAS e professor adjunto da Universidade Luterana do Brasil. Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Farmacologia Bioquímica e Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: antinocicepção, memória, phoneutria nigriventer, placa quente e canais de calcio.

Camilla Ferreira Cassiano Moreira

Aluno de graduação do curso de Farmácia da Universidade Luterana do Brasil – Ulbra, Campus Canoas.

Ana Lúcia da Costa Albrecht

Enfermeira, Professora do Curso de Enfermagem da Universidade Luterana do Brasil – Ulbra, Campus Canoas.

Flavia Tasmim Techera Antunes

Enfermeira, Mestre em Biologia Celular e Molecular Aplicada à Saúde pela Universidade Luterana do Brasil.

Referências

CAMERINI, F. G.; SILVA, L. D. Segurança do paciente: análise do preparo de medicação intravenosa em hospital da rede sentinela. Texto e Contexto, Florianópolis, v. 20, n. 1, p. 41-49, 2011.

CARVALHO, A. M. R.; OLIVEIRA, D. C.; NETO, J. E. H. Análise da prescrição de pacientes utilizando sonda enteral em um hospital universitário do Ceará. Revista Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 1-24, 2010.

CHICHARRO, N. A.; JIMÉNEZ, R. M. R.; ZANUY, M. A. V.; MUÑOZ, P. G.; TEJADA, A. H. Evaluación de las prácticas de administración de fármacos por sonda nasoentérica y enterostomía en pacientes hospitalizados. Nutrición Hospitalaria, Madrid, v. 27, n. 3, p. 879-888, 2012.

HELDT, M.; LOSS, T.; HENRIQUE, S. Interação fármaco-nutriente em unidade de terapia intensiva: revisão da literatura e recomendações atuais. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, São Paulo, v. 25, n. 2, p. 162-167, 2013.

JAIN, S.; BASU, S.; PARMAR, V. R. Medication errors in neonates admitted in intensive care unit and emergency department. Indian Journal of Medical Sciences, [s. l.], v. 63, p. 145 – 151, 2009.

LOPES, D. M. A.; GOMES, E. V.; MADEIRA, L. D. S.; ÁGUIA, M. C. R. Revisão sobre o uso de fármacos através de sondas digestivas: um estudo de base hospitalar, Revista Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde, São Paulo, v. 4, n. 2, p. 6-13, 2013.

MIASSO, A. I.; GROU, C. R.; CASSIANI, S. H. B.; SILVA, A. E. B. C.; FAKIH, F. T. Erros de medicação: tipos, fatores causais e providências tomadas em quatro hospitais brasileiros. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 524-532, 2006.

MOURA, M. R. L.; REYES, F. G. Interação fármaco-nutriente: uma revisão. Revista de Nutrição, Campinas – SP, v. 15, n. 2, p. 223-238, 2002.

NASCIMENTO, M. M. G.; REIS, A. M. M.; WICK, J. Y.; RIBEIRO, A. Q. Drug administration through feedin tubes: an integrated qualification program. Nutrición Hospitalaria, Madrid, v. 27, n. 4, p. 1309-1313, 2012.

RAMOS, C. P. Adequação de medicamentos prescritos em pacientes em uso de sonda enteral em um hospital público no sul do Brasil. International Journal of Nutrology, Catanduva – SP, v. 10, n. 3, p. 99-105, 2017.

RODRIGUES, J. B.; MARTINS, F. J.; RAPOSO, N. R. B.; CHICOUREL, E. L. Perfil de utilização de medicamentos por sonda enteral em pacientes de um Hospital Universitário. Revista Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde, São Paulo, v. 5, n. 3, p. 23-27, 2014.

SILVA, S. J.; DAMASCENA, S. R. Avaliação das interações medicamentosas potenciais no âmbito da UTI adulta. Revista Multidisciplinar de Psicologia, Jaboatão dos Guararapes – PE, v. 12, n. 39, p. 1-24, 2018.

SIQUEIRA, A. S. A.; BARCELOS, M.; TEIXEIRA, E. R.; AZEVEDO, A. S. T.; SANTOS, V. P.; FERREIRA, M. E. Obstrução de sonda enteral por fármacos em uma Unidade de Terapia Intensiva. Nursing, São Paulo, v. 20, n. 235, p. 1963-1969, 2017.

SOUZA, M. R. N. S.; CONTARINE, L. M.; BARRETO, J. B. C.; SANTOS, C. M.; BERTOZA, V. P. S. T. Obstrução do cateter de nutrição enteral e a administração de fármacos sólidos na unidade de terapia intensiva adulto. Perspectivas Online: Ciências Biológicas & Saúde, Campos dos Goytacazes, v. 8, n 26, p. 42-53, 2018.

SPARKS, D. A.; CHASE, D. M.; COUGHLIN, L. M.; PETTY, E. Pulmonary complications of 9931 narrow-bore nasoenteric tubes during blind placement: a critical review. Journal of Parenteral and Enteral Nutrition, [s. l.], v. 35, n. 5, p. 625-629, 2011.

Publicado
2021-10-21
Seção
Artigos