Auriculoterapia como abordagem coadjuvante no Programa Nacional de Controle do Tabagismo da Atenção Básica de Apucarana–PR

Autores

  • Fabio Silva UEL
  • Maiara Cordeiro

Palavras-chave:

auriculoterapia; tabagismo; atenção básica; questionário de Fagerström.

Resumo

O consumo de nicotina, um dos principais componentes do tabaco, causa sensação de prazer e alterações no cérebro. Por conta disto, entre as demandas da saúde pública há o aumento de doenças relacionadas ao tabagismo. As terapias integrativas e complementares compõem os programas de tratamento para diminuição do uso do tabaco, com destaque à auriculoterapia. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da auriculoterapia para redução do tabagismo — em pesquisa que envolveu 19 participantes, em sessões que ocorreram uma vez por semana durante seis semanas — através da comparação das respostas ao questionário de tolerância de Fagerström dadas antes e depois da intervenção. Conclui-se que a auriculoterapia contribui para diminuir agravos à saúde do paciente que decide abandonar o vício.

Palavras-chave: auriculoterapia; tabagismo; atenção básica; questionário de Fagerström.

Abstract

Nicotine’s consumption, one of tobacco’s main components, causes pleasure and brain changes. Thus, smoking-related diseases increasing among public health demands. Integrative and Complementary Therapies are part of the treatment programs to reduce tobacco use, especially auriculotherapy. This study aim was to evaluate auriculotherapy efficacy for smoking reduction — in research that involved 19 participants, in once-a-week sessions during six weeks — by comparing the responses to the Fagerström tolerance questionnaire given before and after the intervention. It is concluded that auriculotherapy contributes to reduce health problems in patients who decide to quit addiction.

Keywords: auriculotherapy; smoking; primary care; Fagerström Questionnaire.

Resumen

El consumo de nicotina, uno de los principales componentes del tabaco, produce sensación de placer y alteraciones en el cerebro. Por ello, entre las necesidades de salud pública, se encuentra el aumento de las enfermedades relacionadas con el tabaquismo. Las terapias integrativas y complementarias integran los programas de tratamiento para la disminución del uso del tabaco, con especial destaque para la auriculoterapia. El objetivo de este estudio fue evaluar la eficacia de la auriculoterapia en la reducción del tabaquismo — en investigación con 19 participantes, en sesiones de una vez por semana durante seis semanas — por medio de comparación de respuestas al cuestionario de Fagerström, obtenidas antes y después de la intervención. Se concluye que la auriculoterapia contribuye para la reducción de afecciones a la salud de quienes deciden abandonar el vicio.

Palabras-clave: auriculoterapia; tabaquismo; cuidados básicos; cuestionario de Fagerström.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Machado CJ, Silveira AM. Casa de ferreiro, espeto de pau: o tabagismo entre os profissionais de saúde. Rev. Bras. Saude Ocup. (São Paulo). 2014; 39(129):119-121.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Estratégia Para o Cuidado da Pessoa com Doença Crônica. Brasília: Ministério da Saúde; 2014.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Deixando de fumar sem mistérios: os primeiros dias sem fumar. Rio de Janeiro: INCA; 2004.

Telesi Junior E. Práticas integrativas e complementares em saúde, uma nova eficácia para o SUS. Estud. Av. São Paulo). 2016;30(86):99-112.

Takayama AK. Auriculoterapia na Medicina Chinesa. Trabalho de Conclusão de Curso [trabalho de conclusão de curso]. São Paulo: Escola Brasileira de Medicina Chinesa; 2016.

Stuyt EB, Voyles CA. The National Acupuncture Detoxification Association protocol, auricular acupuncture to support patients with substance abuse and behavioral health disorders: current perspectives. US National Library of Medicine National Institutes of Health; 2016 [citado em: 3 mai. 2019]. Disponível em: https: //www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5153313/

WEN TS. Acupuntura clássica chinesa. São Paulo: Cultrix; 1985.

Silva RP, Chaves ECL, Pillon SC, Silva AM, Moreira DS, Iunes DH. Contribuições da auriculoterapia na cessação do tabagismo: estudo piloto. Rev. Esc. Enferm. USP (São Paulo). 2014;48(5):883-890.

Mondoni S, Ceron D, Malbergier A, Assumpção Junior FB. A eficácia da acupuntura no tratamento de pacientes dependentes de drogas. Rev. Psicol. Saúde. 2007;15(2):145-152.

Camargo A, Dias SE, Santos LSF, Sobrinho GR, Strufaldi R. A auriculoterapia como estratégia e alternativa de adesão e cuidado nos grupos de tabagismo. In: Resumo 38º Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo; 2018; Rio Claro, Brasil. São Paulo: COSENS, 2018 [citado em: 3 out. 2019]. Disponível em: http://www.mfpaper.com.br/fulltime/2018/CD/PDF/ATEN006.pdf.

Pureza DY, Sargentini L, Laterza R, Flores LJF, Irigoyen MC, Angelis K. Efeitos cardiovasculares da abstinência do fumo no repouso e durante o exercício submáximo em mulheres jovens fumantes. Rev. Bras. Med. Esporte. 2007;13(05):292-296.

Tabagismo. Instituto Nacional de Câncer [Acesso em: 3 mai. 2019]. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tabagismo

Torrani ACK, Freitas Netto F, Dornelles CF, Nakamura MC, Kluthcovsky ACGC. A acupuntura no tratamento do tabagismo. In: anais do 13º CONEX; 2015; Ponta Grossa, Brasil. Paraná: Universidade Estadual de Ponta Grossa, 2015 [Acesso em: 3 out. 2019]. Disponível em: https://sites.uepg.br/conex/anais/anais_2015/anais2015/579-2910-1-PB-mod.pdf.

Downloads

Publicado

2022-10-18

Como Citar

SILVA, F. .; CORDEIRO, M. . Auriculoterapia como abordagem coadjuvante no Programa Nacional de Controle do Tabagismo da Atenção Básica de Apucarana–PR. Revista Brasileira de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 21–27, 2022. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistasaude/index.php/revista-praticas-interativas/article/view/1270. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos