Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço 1.5; usa uma fonte  Arial de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

São aceitos para publicação artigos em português, inglês e espanhol.

Formatação

Os trabalhos deverão ser digitados no editor de texto Microsoft Word, com página configurada em tamanho A4, fonte Arial, tamanho 12, espaço 1.5, com margens superior, inferior e esquerda com 3 cm e margem direita com 2 cm, observando a ortografia oficial.  O artigo deverá conter título e resumo em inglês.

Artigos Originais: refere-se a trabalhos inéditos de pesquisa. Devem seguir a forma usual de apresentaçao, contendo as seções IntroduçãoMaterial e Métodos/MetodologiaResultados e DiscussãoConclusão e Referências, de acordo com as peculiaridades de cada trabalho. Devem ter no máximo 20 páginas, incluindo figuras, tabelas, esquemas e outros elementos.

Artigos de Revisão: destinados à apresentação do progresso em uma área específica das PICS, com o objetivo de dar uma visão crítica do estado da arte do ponto de vista do especialista altamente qualificado e experiente. Devem ter no máximo 20 páginas, incluindo figuras, tabelas, esquemas e outros elementos.

Referências

As referências devem ser normalizadas de acordo com o estilo VancouverUniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals: Writing and Editing for Biomedical Publication listadas de acordo com a ordem de aparição. Os títulos de periódicos devem ser citados em abreviatura, de acordo com o PubMed. Para publicações com até seis autores, todos devem ser citados; para mais de seis, apenas os seis primeiros devem ser citados, seguidos da expressão latina “et al.”. Sempre que possível, inclua o DOI da obra citada.

Artigo de revista

Exemplo

Autor/es do artigo. Título do artigo. Nome da revista [Abreviado], ano [data de consulta]; volume (número): [Extensão/páginas]. Endereço eletrônico.

Homem ICM, Bobek VB, Szabo EM, Budel JM, Raman V, Oliveira VB et al . Anatomy and Histochemistry of Leaf and Stem of Brazilian Endemic Species Mollinedia clavigera Tul. Braz. arch. biol. technol. 2020;  63: e20180717. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-89132020000100417&lng=en.   http://dx.doi.org/10.1590/1678-4324-2020180717.

Livros

Autor/es.Título do livro. Edição. Lugar de publicação: Editorial; ano.

 

Citação

É necessário que a referência seja indicada pelo seu número na lista, como expoente (sobrescrito) antes da pontuação, sem parênteses, colchetes ou símbolos semelhantes. Nos casos em que o nome do autor e ano forem significativos, o número da referência deve ser digitado antes do nome do autor. Trabalhos de dois autores devem citar ambos os autores conectados por “e”. Em casos de vários autores, cite apenas o primeiro autor seguido de ”et al.”.

Exemplos:

As Práticas Integrativas e Complementares são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais3.

Segundo Oliveira et al.3 (2006), as Práticas Integrativas e Complementares são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais.

 

Artigos

##section.default.policy##

Editorial

Posters

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.