A influência da psicologia positiva no clima organizacional para a promoção de comportamentos organizacionais positivos

Autores

  • Fatima Aparecida Alves Sousa uninter

Resumo

Este trabalho analisa a construção do clima organizacional com o propósito de desenvolver comportamentos organizacionais positivos. O clima organizacional determina o desempenho e os resultados das organizações, ele representa os aspectos psicológicos e as percepções que as pessoas formam acerca do ambiente organizacional no qual estão inseridas. Essas percepções têm a capacidade de favorecer ou desfavorecer o desempenho dos colaboradores dentro das organizações. É fundamental que o clima organizacional seja favorável para a construção permanente de ambientes que possibilitem o desenvolvimento de comportamentos organizacionais positivos. A psicologia positiva, uma área que enfoca as características positivas das pessoas, pode influenciar positivamente o clima organizacional potencializando o engajamento, a motivação e o envolvimento dos colaboradores com as estratégias organizacionais traçadas para o alcance de excelentes resultados. Indagações sobre o clima organizacional, de como este determina o comportamento das pessoas no interior das organizações foram fundamentais para a elaboração deste artigo. Diante disto, iniciou-se o levantamento de bibliografias acerca do tema proposto com o intuito de contribuir com reflexões que almejem demonstrar que as concepções da psicologia positiva podem ser favoráveis à construção de um clima organizacional saudável propiciador de bons resultados. Esse trabalho analisa, também, como as concepções adotadas por essa psicologia têm a capacidade de influenciar o desenvolvimento de um clima organizacional positivo, estruturando ambientes saudáveis necessários à transformação das organizações com o objetivo de fortalecê-las nas suas relações com o ambiente externo, tornando-as competitivas e colaborando para a sua perenidade. Dessa maneira, organizações que apresentam ambientes organizacionais saudáveis estarão permanentemente disponíveis para aflorar as atitudes positivas dos colaboradores.

Palavras-chave: clima organizacional; psicologia positiva; comportamento organizacional.

Abstract

This article analyzes the construction of organizational climate with the purpose of developing positive organizational behaviors. Organizational climate determines the performance and results of organizations, it represents the psychological aspects and perceptions that people form about the organizational environment in which they are inserted. These perceptions have the ability to favor or disfavor the performance of employees within organizations. It is essential that the organizational climate be favorable for the permanent construction of environments that enable the development of positive organizational behaviors. Positive psychology, an area that focuses on the positive characteristics of people, can positively influence the organizational climate by enhancing the engagement, motivation, and involvement of employees with the organizational strategies set out to achieve excellent results. Inquiries about the organizational climate, of how it determines the behavior of people within organizations, were fundamental for the elaboration of this article. In view of this, the collection of bibliographies on the proposed theme began with the aim of contributing with reflections that aim to demonstrate that the conceptions of positive psychology can be favorable to the construction of a healthy organizational climate conducive to good results. This work also analyzes how the conceptions adopted by this psychology have the ability to influence the development of a positive organizational climate, structuring healthy environments necessary for the transformation of organizations with the aim of strengthening them in their relations with the external environment, making them competitive and collaborating for its sustainability. In this way, organizations that have healthy organizational environments will be permanently available to flourish the positive attitudes of employees.

Keywords: organizational climate; positive psychology; organizational behavior.

Resumen

Este trabajo analiza la construcción del clima organizacional con el propósito de desarrollar comportamientos organizacionales positivos. El clima organizacional determina el rendimiento y los resultados de las organizaciones, representa los aspectos psicológicos y las percepciones que forman las personas sobre el ambiente organizacional en el cual están incluidas. Esas percepciones tienen la capacidad de favorecer o perjudicar el rendimiento de los colaboradores dentro de las organizaciones. Es fundamental que el clima organizacional sea favorable para la construcción permanente de ambientes que posibiliten el desarrollo de comportamientos organizacionales positivos. La psicología positiva, un área que se centra em las características positivas de las personas, puede influenciar positivamente el clima organizacional maximizar el compromiso, la motivación y la participación de los colaboradores ante las estrategias organizacionales formadas para el logro de excelentes resultados. Indagaciones sobre el clima organizacional, de cómo éste determina el comportamiento de las personas en el interior de las organizaciones fueron fundamentales para la elaboración de este artículo. Ante ello, se inició una recopilación de bibliografías sobre el tema propuesto con la finalidad de contribuir con reflexiones que aspiren a demostrar que las concepciones de la psicología positiva pueden ser favorables a la construcción de un clima organizacional saludable promotor de buenos resultados. Ese trabajo analiza, aun, cómo las concepciones adoptadas por esa psicología tienen la capacidad de influir en el desarrollo de un clima organizacional positivo, estructurando ambientes saludables necesarios a la transformación de las organizaciones con el objetivo de fortificarlas en sus relaciones con el ambiente externo, volviéndolas competitivas y colaborando para su perennidad. De ese modo, organizaciones que presentan ambientes organizacionales saludables estarán permanentemente disponibles para aflorar las actitudes positivas de los colaboradores.

Palabras clave: clima organizacional; psicología positiva; comportamiento organizacional.

Referências

BOEHS, Samantha de Toledo Martins; SILVA, Narbal. Psicologia positiva nas organizações e no trabalho [livro eletrônico]. 1. ed. São Paulo: Vetor, 2017.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos: o capital humano das organizações. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2020.

CHIAVENATO, Idalberto. Comportamento Organizacional: a dinâmica do sucesso das organizações. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2021.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas: o novo papel da gestão do talento humano. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2021.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração de Recursos Humanos: gestão humana. 9. ed. Barueri, SP: Atlas, 2022.

GUIMARÃES, Gilberto. Liderança positiva: para atingir resultados excepcionais. São Paulo: Évora, 2012.

KNAPIK, Janete. Gestão de Pessoas e talentos. Curitiba: Intersaberes, 2012.

SEIBEL, Bruna Larissa; POLETTO, Michele; KOLLER, Silvia Helena (orgs). Psicologia Positiva: teoria, pesquisa e intervenção. 1 ed. Curitiba: 2016.

SILVA, Narbal; FARSEN, Thaís Cristine. Qualidades psicológicas positivas nas organizações: desenvolvimento, mensuração e gestão. 1. ed. São Paulo: Vetor, 2018.

SOUZA, Carla Patrícia da Silva. Cultura e clima organizacional: compreendendo a essência das organizações. Curitiba: Intersaberes, 2014.

VAZQUEZ, Ana Claudia Souza; HUTZ, Claudio Simon (Orgs.). Aplicação da Psicologia Positiva: Trabalho e Organizações.1. ed. São Paulo: Hogrefe, 2018.

Downloads

Publicado

2023-10-10

Como Citar

ALVES SOUSA, F. A. A influência da psicologia positiva no clima organizacional para a promoção de comportamentos organizacionais positivos. Revista Organização Sistêmica, [S. l.], v. 12, n. 21, p. 47–57, 2023. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistaorganizacaosistemica/index.php/organizacaoSistemica/article/view/512. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos