Implantação de software de eficiência produtiva em microempresa de confecção

  • Isabella Françoso Rebutini Figueira
  • Luciana Yukie Shimizu Ikeda Orikasa

Resumo

Para permanecerem competitivas no mercado, as empresas buscam a melhoria de seus processos produtivos, o que reduz custos e aumenta o lucro; para tal, é preciso investir em novas tecnologias ou remodelar antigos processos. No entanto, além do baixo investimento em informatização, as microempresas enfrentam dificuldades relativas à gestão, como a deficiência no planejamento e controle de produção (PCP). Neste contexto, a investigação avalia a eficiência produtiva de uma microempresa, por intermédio do software de gestão integrado ERP (Enterprise Resource Planning) e alterações na cadeia produtiva. Quanto à abordagem, caracteriza-se como pesquisa qualitativa e de natureza aplicada, com um estudo de caso único de uma confecção. Os procedimentos metodológicos foram divididos nas seguintes etapas: seleção, instalação, inserção de dados, planejamento manual e por software. Após a implementação do novo modelo, as informações da empresa foram avaliadas, por meio da análise do processo produtivo. Os resultados indicaram melhorias significativas na produção, o que reduziu o desperdício de insumos e otimizou o tempo gasto com planejamento.

Palavras-chave: eficiência produtiva; Sistema Integrado ERP; indústria de confecção.

Abstract

To remain competitive in the market, companies aim to improve their production processes, which causes a reduction of costs and increase in profits; to this end, they need to invest in new technologies or remodel old processes.  Besides the low investment in computerization, the micro-enterprises face internal difficulties related to the company's management, such as the deficiency in production planning and control (PPC). In this context, the investigation evaluates the productive efficiency of a micro-enterprise by applying the ERP (Enterprise Resource Planning) integrated management software and changes in the production chain. The approach is characterized as qualitative and applied research, with a single case study of a garment. The methodological procedures were divided into the following steps: selection, installation, data entry, manual, and software planning. After implementing a new management model, the company's information was evaluated through the analysis of the production process. The results indicated significant improvements in production, which reduced wasted inputs and optimized the time spent on planning.

Keywords: productive efficiency; Integrated ERP System; clothing industry.

Resumen

Para seguir competitivas en el mercado, las empresas tratan de mejorar sus procesos productivos, lo que reduce costos y aumenta los beneficios; para ello, es necesario investir en tecnologías o remozar antiguos procesos. Sin embargo, además de las bajas inversiones en procesos informáticos, las microempresas enfrentan dificultades relativas a la gestión, como la deficiencia en planificación y control de producción (PCT). En este contexto, esta investigación evalúa la eficiencia productiva de una microempresa, con el uso del software integrado de gestión ERP (Enterprise Resource Planning) y cambios en la cadena de producción. Sobre el método, esta es una investigación cualitativa de naturaleza aplicada, con estudio de caso de empresa de confección textil. Los procedimientos metodológicos se dividieron em las siguientes etapas: selección, instalación, inserción de datos, planificación manual y por medio de software. Después de la implantación del nuevo modelo, las informaciones de la empresa fueron evaluadas, a través de análisis del proceso productivo. Los resultados indicaron mejoras significativas en la producción, lo que redujo el desperdicio de insumos y optimizó el tiempo gasto en planificación.

Palabras-clave: eficiencia productiva; Sistema Integrado ERP; industria de confección textil.

Biografia do Autor

Isabella Françoso Rebutini Figueira

Doutora em Geologia, Instituto Lactec.

Luciana Yukie Shimizu Ikeda Orikasa

Mestranda em Desenvolvimento de Tecnologia, Instituto Lactec.

Referências

BATISTA, E. O. Sistemas de Informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva, 2006.

BRASIL. Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte; altera dispositivos das Leis nº 8.212 e 8.213, ambas de 24 de julho de 1991, da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, da Lei nº 10.189, de 14 de fevereiro de 2001, da Lei Complementar nº 63, de 11 de janeiro de 1990; e revoga as Leis nº 9.317, de 5 de dezembro de 1996, e 9.841, de 5 de outubro de 1999. Brasília, DF: Presidência da República, Casa Civil, 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp123.htm. Acesso em: 12 jan. 2020.

BRUNO, F. S. A quarta revolução industrial do setor têxtil e de confecção: a visão de futuro para 2030. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2016. Disponível em: http://www.abit.org.br/uploads/arquivos/A_quarta_revolucao_

industrial_do_setor_textil_e_de_confeccao.pdf. Acesso em: 12 jan. 2020.

CNI – Confederação Nacional da Indústria. Desafios para a indústria 4.0 no Brasil. Brasília: CNI, 2016. Disponível em: https://bucket-gw-cni-static-cms-si.s3.

amazonaws.com/media/filer_public/d6/cb/d6cbfbba-4d7e-43a0-9784-86365061a

/desafios_para_industria_40_no_brasil.pdf. Acesso em: 12 jan. 2020.

CORDEIRO, J. V. B. de M.; RIBEIRO, R. V. Gestão da Empresa. In: MENDES, J. T. G. (org.). Economia empresarial. Curitiba: Associação Franciscana de Ensino Senhor Bom Jesus – AFESBJ / Fae Business School / Gazeta do Povo, 2002. (Coleção gestão empresarial, 2). Disponível em: https://www.cairu.br/biblioteca/

arquivos/Administracao/1-Gestao_Empresarial-FAE.pdf. Acesso em: 12 jan. 2020.

DATASEBRAE. Empresas 05/2019. DataSebrae, [S.l.], 2019. Disponível em: https://datasebrae.com.br/totaldeempresas/. Acesso em: 13 jan. 2020.

IEMI – Instituto de Estudos e Marketing Industrial. Relatório Setorial da Indústria Têxtil Brasileira, São Paulo, v. 18, n. 18, ago. 2018.

MARZALL, L. F. Implantação de um sistema de gestão ERP gratuito em uma empresa de pequeno porte com foco na melhoria de indicadores de desempenho da produção. 2016. 141f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Setor de Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2016. Disponível em: http://repositorio.ufsm.br/handle/1/8380. Acesso em: 12 jan. 2020.

NOBREGA, L. C. O.; OLIVEIRA, A. de. Máquinas de costura: tipos, preparos e manuseio. São Paulo: Érica, 2015.

PEREIRA, S. L.; SIMÃO FILHO, A.; MARQUES, F. M. R. Economia e a Sociedade da Informação com a Quarta Revolução Industrial. In: SILVA, E. B. da; SCOTON, M. L. R. P. D.; DIAS, E. M.; PEREIRA, S. L. (coord.). Automação & sociedade: quarta revolução industrial, um olhar para o Brasil. Prefácio de Pedro Luiz Passos. Posfácio de Octavio de Barros. Rio de Janeiro: Brasport, 2018. p. 25-56.

PRENDERGAST, J. Técnicas de costura: uma introdução às habilidades de confecção no âmbito do processo criativo. Tradução de Michele Augusto. São Paulo: Gustavo Gili, 2015.

RIBEIRO, J. Como os pequenos negócios estão sendo afetados pela pandemia de Covid-19 no Brasil? OIT – Organização Internacional do Trabalho, [S.l.], 16 jun. 2020 Disponível em: https://www.ilo.org/brasilia/noticias/WCMS_751127/lang--pt/index.htm. Acesso em: 25 mar. 2021.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Unidade de Gestão Estratégica. Inovação nos Pequenos Negócios. Brasília: SEBRAE, 2013. Disponível em: https://bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_

CHRONUS/bds/bds.nsf/1b7ec4b5cd66b3a2c39e64fa84c403fb/$File/5064.pdf. Acesso em: 12 jan. 2020.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Perfil das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Brasília: SEBRAE, 2018. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/UFs/RO/

Anexos/Perfil%20das%20ME%20e%20EPP%20-%2004%202018.pdf. Acesso em: 12 jan. 2020.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.MPE revertem a perda de emprego na pandemia e fecham o ano com saldo de 293,2 mil postos de trabalho. Agência Sebrae de Notícias, [S.l.], 02 fev. 2021. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/sites/asn/uf/NA/mpe-revertem-a-perda-de-empregos-na-pandemia-e-fecham-o-ano-com-saldo-de-2932-mil-postos-de-trabalh,6cb1e951de267710VgnVCM1000004c00210aRCRD Acesso em: 25 mar. 2021.

SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Departamento Nacional. Processo de corte industrial do vestuário – Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil. Brasília: SENAI/DN, 2016.

SERASA EMPREENDEDOR. Gestão de microempresas: o que é e como deixar sua empresa nos trilhos. Serasa Experian, Blog Empresas, [S.l.],10 out. 2018a. Disponível em: https://empresas.serasaexperian.com.br/blog/gestao-de-microempresas-o-que-e-e-como-deixar-sua-empresa-nos-trilhos/. Acesso em: 17 jan. 2020.

SERASA EMPREENDEDOR. Guia Completo: Como funciona uma microempresa de sucesso? Serasa Experian, Blog Empresas, [S.l.], 09 nov. 2018b. Disponível em: https://empresas.serasaexperian.com.br/blog/como-uma-microempresa-realmente-funciona-mei-ou-me/. Acesso em: 17 jan. 2020.

TREPTOW, D. Inventando Moda: planejamento de coleção. 5. ed. São Paulo: Edição da Autora, 2013.

Publicado
2021-08-02
Seção
Artigos