A evolução dos organismos internacionais de comércio exterior (origens, classificações e funções) dentro do comércio internacional

Autores

  • Luiz Rodrigo Bonette UNINTER (ALUNO)

Resumo

RESUMO

O presente estudo trata de uma revisão bibliográfica dos organismos internacionais de comércio exterior. Estas instituições representam operacionalmente um conjunto de procedimentos aduaneiros e de negociação internacional que alinham e harmonizam mercados externos, nações signatárias e grandes empresas associadas por meio da aplicação de documentos padronizados recomendados na compra e venda dos processos de importação ou exportação. O objetivo é analisar suas origens, funções e classificações associadas aos documentos aduaneiros que estas instituições criaram e controlam no comércio internacional.

Palavras-chave: organismos internacionais, função e classificação.

ABSTRACT

This study is a comparative literature review of international organizations of foreign trade. These institutions operationally represent a set of customs procedures and international trading that align and harmonize external markets, signatory nations and large member companies by applying standardized documents recommended the purchase and sale of import or export processes. The goal is to analyze its origins, functions and classifications associated with customs documents are institutions created and control in international trade.

Keywords: international organizations, function and classification

 

Biografia do Autor

Luiz Rodrigo Bonette, UNINTER (ALUNO)

Graduação Ciências Contábeis, Comércio Exterior e Logística;

MBA Controladoria & Finanças, Especialização Contabilidade Internacional, MBA em Negócios Internacionais e Comércio Exterior, Especilização em Geopolítica e Relações Internacionais;

Docente SENAC

Downloads

Publicado

2016-02-02

Como Citar

BONETTE, L. R. A evolução dos organismos internacionais de comércio exterior (origens, classificações e funções) dentro do comércio internacional. Revista Organização Sistêmica, [S. l.], v. 7, n. 4, p. 5–21, 2016. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistaorganizacaosistemica/index.php/organizacaoSistemica/article/view/332. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos