Indiferença e estereótipo em conteúdos midiáticos: sentidos em circulação sobre o povo muçulmano

Autores

  • Paloma Pereira Ruiz Pontifícia Universidade Católica de Campinas
  • Marcelo Pereira da Silva PUC-Campinas

Resumo

As redes sociais digitais refletem e amplificam conflitualidades, dilemas enfrentados pela sociedade, como a questão do discurso de indiferença religiosa contra praticantes da fé islâmica no Brasil. Neste trabalho abordamos, por meio de análise de conteúdo, produtos do entretenimento — entre eles, Carcereiros, o filme (2019) e as telenovelas O Clone (2001-2002) e Salve Jorge (2012-2013), ambas da Rede Globo — para evidenciar como os estereótipos veiculados nessas produções persistentemente circulam no ecossistema virtual em forma de memes, de modo que reforcem discursos potencialmente catalisadores de explosões de raiva e preconceito contra muçulmanos tanto em contextos on-line quanto off-line.

Palavras-chave: redes sociais digitais; indiferença; muçulmanos; análise de conteúdo; estereótipo.

Abstract

Digital social networks reflect and amplify conflicts and dilemmas faced by society, such as religious indifference discourse issue against Islamic faith practitioners in Brazil. In this paper we address, through content analysis, entertainment products — among them, Carcereiros, the movie (2019) and the soap operas O Clone (2001-2002) and Salve Jorge (2012-2013), both from Rede Globo — to highlight how the stereotypes conveyed in these productions persistently circulate in the virtual ecosystem in the form of memes so that they reinforce discourses potentially catalyzing anger outbursts and prejudice against Muslims, both in online and offline contexts.

Keywords: digital social networks; indifference; Muslims; content analysis; stereotype.

Resumen

Las redes sociales digitales reflejan y amplían conflictos, dilemas enfrentados por la sociedad, como la cuestión del discurso de indiferencia religiosa contra practicantes de la fe islámica en Brasil. En este trabajo tratamos, por medio de análisis de contenido, productos de entretenimiento — entre ellos, Carcereiros, la película (2019) y las telenovelas O Clone (2001-2002) y Salve Jorge (2012-2013), ambas de la Red Globo — para demostrar cómo los estereotipos transmitidos persistentemente en esas producciones circulan en el ecosistema virtual en forma de memes, para reforzar discursos potencialmente catalizadores de explosiones de odio y prejuicio contra los musulmanes, tanto en contextos on-line como off-line.

Palabras-clave: redes sociales digitales; indiferencia; musulmanes; análisis de contenido; estereotipo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paloma Pereira Ruiz, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Pontifícia Universidade Católica de Campinas. 

Marcelo Pereira da Silva, PUC-Campinas

Pós-doutor em Comunicação. Doutor em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Bacharel em Relações Públicas e Mestre em Comunicação Midiática pela Unesp de Bauru. Docente permanente do Mestrado em Linguagens, Mídia e Arte e do curso de Relações Públicas da PUC-Campinas. 

Downloads

Publicado

2023-04-04

Como Citar

PEREIRA RUIZ, P.; PEREIRA DA SILVA, M. Indiferença e estereótipo em conteúdos midiáticos: sentidos em circulação sobre o povo muçulmano. Revista UNINTER de Comunicação, [S. l.], v. 10, n. 17, p. 43–60, 2023. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistacomunicacao/index.php/revista/article/view/872. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos