Entrevista: O telejornalismo no século XXI

Autores

  • Gisele Krodel Rech

DOI:

https://doi.org/10.21882/ruc.v6i10.761

Resumo

Assim como nos outros meios, a televisão vem passando por um acelerado processo de transformação após o fortalecimento da internet. A conversa com a pesquisadora Iluska Coutinho permite entender como o processo de investigação do telejornalismo neste cenário pode contribuir tanto para o entendimento de transformações no modo de produção quanto no modo de transmissão e consumo. Iluska é jornalista, professora da Universidade Federal de Juiz de Fora (ufjf). Atualmente coordena o grupo de pesquisa Núcleo de Jornalismo e Audiovisual vinculado à Faculdade de Comunicação da ufjf. Escreveu “A dramaturgia do telejornalismo” (2012) e “A informação na TV pública” (2013) e coordena a Rede Telejor, de pesquisadores em telejornalismo.

DOI: 10.21882/ruc.v6i10.761

Recebido em: 09/06/2018

Aceito em: 29/06/2018

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisele Krodel Rech

Doutoranda em Comunicação da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Bauru, é mestre em Comunicação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), especialista em Gestão e Produção de Rádio e Televisão e graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Downloads

Publicado

2018-06-29

Como Citar

RECH, G. K. Entrevista: O telejornalismo no século XXI. Revista UNINTER de Comunicação, [S. l.], v. 6, n. 10, p. 121–126, 2018. DOI: 10.21882/ruc.v6i10.761. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistacomunicacao/index.php/revista/article/view/761. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Entrevista