De Nietzsche a Paulo Freire: a proposta de alfabetização midiática de Douglas Kellner

  • Otávio Daros Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Resumo

Em tentativa de se instalar no campo de educação da mídia, Douglas Kellner esboça a proposta de um estudo cultural crítico que reúne diferentes perspectivas teóricas. O acadêmico norte-americano desenvolve epistemologicamente matriz para interpretar e criticar as produções culturais da mídia. O termo chave é, nesse sentido, multiperspectivismo crítico, inspirado, talvez, na sua leitura da filosofia de Nietzsche. Todavia, também se fazem presentes as ideias encontradas na obra de Paulo Freire, visto o interesse em fazer os estudos ganharem caráter prático e finalidade pedagógica. Kellner apresenta, então, sua proposta de alfabetização midiática.

DOI: 10.21882/ruc.v8i15.841

Recebido em: 14/09/2020

Aceito em: 26/11/2020

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Otávio Daros, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Doutorando em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Fellow do Laboratório de História da Comunicação e Mudança da Mídia, na Universidade de Bremen.

Referências

DAROS, Otávio. Douglas Kellner: a reto-mada da teoria crítica frankfurtiana sob o impacto da leitura de Marcuse. Novos Olhares, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 96-105, 2018a. DOI: 10.11606/issn.2238-7714.no.2018.139643.

DAROS, Otávio. Douglas Kellner e o de-bate com os estudos culturais. A atualiza-ção do discurso crítico. ECCOM, Lorena, v. 9, n. 18, p. 179-188, jul./dez. 2018b.

DEWEY, John. Democracia e educação: introdução à filosofia da educação. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1936. [Obra publicada originalmente em 1916]

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indigna-ção: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

HOBBS, Renee. Digital and media liter-acy: connecting culture and classroom. Thousand Oaks: Corwin Press, 2011.

KELLNER, Douglas. Multiple literacies and critical pedagogy in a multicultural society. Edu-cational Theory, Urbana e Champaign, [s.l.], v. 48, n. 1, 1998.

KELLNER, Douglas. A cultura da mídia — estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Bauru: EDUSC, 2001. [Obra publicada original-mente em 1995]

KELLNER, Douglas. Media spectacle. Londres: Routledge, 2003a.

KELLNER, Douglas. Toward a critical theory of education. UCLA Graduate School of Education & Information Studies, Los Angeles, 2003b.

KELLNER, Douglas; BEST, Steven. The postmodern turn: critical perspectives. Nova York: Guilford Press, 1997.

KELLNER, Douglas; KIM, Gooyong. YouTube, critical pedagogy, and media activism: an articulation. UCLA Graduate School of Education & Information Studies, Los Angeles, 2010.

KELLNER, Douglas; LEWIS, Tyson. Crit-ical media literacy is not an option. Spring-er International Publishing, Berlin, 2007.

KELLNER, Douglas; SHARE, Jeff. Toward critical media literacy: core concepts, debates, organ-izations, and policy. Discourse: studies in the cultural politics of education, [s.l.], v. 26, n. 3, p. 369- 386, 2005.

KELLNER, Douglas; SHARE, Jeff. Critical media literacy, democracy, and the reconstruction of education. UCLA Graduate School of Edu-cation & Information Studies, Los Ange-les, 2007.

KRESS, Gunther. Literacy in the new media age. Londres: Routledge, 2003.

LUKE, Carmen. Feminisms and peda-gogies of everyday life. Nova York: State University of New York Press, 1996.

LUKE, Carmen. As seen on TV or was that my phone? New media literacy. Policy Futures in Education, [s.l.], v. 5, n. 1, p. 50-58, 2007. DOI: 10.2304/pfie.2007.5.1.50.

MCLUHAN, Marshall. Understanding media: the extensions of man. Nova York: Signet, 1964.

NIETZSCHE, Friedrich W. A gaia ciên-cia. São Paulo: Hemus, 1976. [Obra publi-cada originalmente em 1882]

POSTMAN, Neil. Amusing ourselves to death: public discourse in the age of show busi-ness. Ed. 20º aniversário. Nova York: Pen-guin Books, 2006. [Obra publicada origi-nalmente em 1986]

POSTMAN, Neil. Technopoly: the surren-der of culture to technology. Nova York: Vintage Books, 1993.

SHARE, Jeff. Media literacy is elemen-tary: teaching youth to critically read and create media. Nova York: Peter Lang, 2009.

Publicado
2020-12-23
Seção
Artigos